lance biz logo

Mercado do Esporte

twitter logo
twitter logo
twitter logo
twitter logo

Entenda por que o Athletico está ‘à venda’ e busca sócios para SAF

Mesmo estruturado e com finanças em ordem, Furacão procura parceiro para constituir SAF em 2024

Athletico-PR-1-aspect-ratio-512-320

Athletico-PR quer constituir SAF em 2024, ano do seu centenário (Foto: Divulgação)

Lance! - 10/10/2023 - 12:20

Lance! - 10/10/2023 - 12:20

Estruturado e com as finanças em ordem, o Athletico-PR é uma referência em termos de gestão para o futebol brasileiro. Ainda assim, o Furacão trabalha ativamente nos bastidores para constituir uma Sociedade Anônima do Futebol (SAF) em 2024, ano do centenário do clube.

Qual é o motivo desta procura por sócios? Qual o modelo que o clube quer adotar? Como o dinheiro dos investidores seria usado? O Lance! Biz explica o panorama abaixo.

+ Transforme sua paixão pelo futebol em profissão. Descubra o caminho com o curso Gestor de Futebol!

Athletico busca mudança de patamar

Em entrevista ao Grupo Globo, Mário Celso Petraglia, presidente do Athletico, afirmou que a busca por investidores tem um motivo simples: o clube “bateu no teto”. Em outras palavras, quer dizer que o Furacão chegou ao seu limite e não consegue subir mais degraus no futebol brasileiro e sul-americano com o orçamento que tem. Essa dificuldade tem relação com o tamanho da torcida.

- Nossa torcida é reduzida, um terço da torcida do Atlético-MG, do Cruzeiro, do Grêmio e do Internacional, que são clubes que maturaram na década de 70. O Athletico ficou pra trás. A maturação tem acontecido agora, no final do século, e leva 50, 60 anos para formar uma torcida. Ainda o Paraná é um fenômeno à parte, porque são três Paranás. O Paraná paranaense, o gaúcho e o paulista. Temos essa dificuldade ainda, mas estamos crescendo - explicou Petraglia, ao jornalista Rodrigo Capelo.

+ Vender percentual para sócios? Entenda planos do Fortaleza com criação da SAF

Vender percentual majoritário ou minoritário?

No último mês, dirigentes do Athletico foram aos Estados Unidos para se encontrarem com potenciais compradores. Sem pressa para bater o martelo, o clube busca o o melhor projeto e não descarta vender mais de 50% das ações da SAF.

- Nós estamos à venda. Nossa posição era de que venderíamos só a parte minoritária, mas com o andar da carruagem, do mercado, se tiver uma oferta de um parceiro que realmente dê para casar... Porque é casamento, né? Futebol é complicado. Nós pensamos até na venda do controle acionário. Ele tem que estar envolvido nos novos projetos, o clube quer se tornar a nível sul-americano um dos top four, então tem que investir - explicou Petraglia.

Quanto custaria a SAF do Athletico?

Em junho, Mario Celso Petraglia declarou que o valor da SAF do Athletico será maior que as de Vasco, Botafogo e Cruzeiro somadas. Dessa forma, estima-se que o preço mínimo para vender 50% do clube-empresa seja de R$ 1,5 bilhão. A inclusão do estádio e do CT no pacote pode elevar ainda mais os valores.

+ Ranking Pluri 2024: Palmeiras e Flamengo lideram com folga; veja posição do seu time

Como o dinheiro seria usado?

Com dívidas controladas, o dinheiro do aporte seria totalmente usado em estrutura e no elenco do futebol. Um dos focos principais seria aumentar a escala de formação de atletas. Segundo Petraglia, o Furacão quer "contratar jogadores jovens, com potencial, e mantê-los aqui".

mario-celso-petraglia-athletico-pr-futebol-latino-lance

Mario Celso Petraglia falou sobre a venda da SAF do Athletico (Divulgação/Athletico-PR)


Como estão as finanças do Athletico-PR?

Os indicadores financeiros do Furacão não demonstram fraquezas: o clube tem dinheiro em caixa e receitas em crescimento há vários anos. Sem considerar as orbigações relacionadas ao estádio, o endividamento líquido rubro-negro está próximo de zero.

+ Finanças do Athletico-PR explicadas: contas em ordem abrem portas para o sucesso esportivo

As finanças foram impulsionadas nos últimos anos pelo bom desempenho em campo e pela venda em série de jovens talentos. Outro ponto positivo é a parte de patrimônio: o clube é dono de estádio e centros de treinamento modernos.

Compartilhetwitter logofacebook logowhatsapp logo
share logo

Relacionados