twitter logo
twitter logo
twitter logo
twitter logo

Entenda por que a 777 Partners, dona da SAF do Vasco, planeja vender clube belga

Empresa norte-americana teria uma necessidade significativa de liquidez para concluir duas operações

image_placeholder-1-aspect-ratio-512-320

Josh Wander é sócio da 777 Partners, dona da SAF do Vasco (Foto: Daniel Ramalho/Vasco)

Lance! - 19/04/2024 - 12:35

Lance! - 19/04/2024 - 12:35

Dois anos depois de comprar o Standard Liège, a 777 Partners - dona da SAF do Vasco - já estaria disposta a vender o clube da Bélgica. A informação foi publicada inicialmente pelo jornal Sudinfo e confirmada pelo jornalista Sacha Tavolieri.

O que está por trás do desejo de negociar o clube belga? A empresa norte-americana teria uma necessidade significativa de liquidez para gerir as operações e dívidas estruturais do Hertha Berlin, além de concluir a aquisição do Everton, da Premier League.

➡️ Acompanhe os negócios no esporte em nosso canal. Siga o Lance! Biz no WhatsApp

Josh Wander e os seus sócios, inclusive, já teriam discutido a venda do Standard Liège com alguns investidores, incluindo o americano Bill Foley, que tentou comprar outro clube da Bélgica recentemente.

Cabe destacar que a 777 Partners também está fazendo um discurso semelhante nos bastidores do Red Star FC, da França. A empresa já teria até recebido uma oferta de compra pelo clube que está perto de subir para Ligue 2, segunda divisão francesa.

➡️ Brasileirão ou Copa do Brasil: qual competição paga mais aos clubes?

⚽ Clubes controlados pela 777 Partners

A 777 Partners tem participação em oito clubes espalhados pelo mundo, entre eles o Vasco. Veja a lista abaixo:

  • Sevilla (Espanha) - 15% das ações
  • Genoa (Itália) - 99,9% das ações
  • Standard Liège (Bélgica) - 99,7% das ações
  • Red Star FC (França) - 100% das ações
  • Vasco (Brasil) - 70% das ações
  • Melbourne Victory (Austrália) - 70% das ações
  • Hertha Berlin (Alemanha) - 64,7% das ações
  • Everton (Inglaterra) - 94,1% das ações
Standard de Liège

Standard Liège pode ser vendido pela 777 Partners (Foto: Divulgação)

Compartilhetwitter logofacebook logowhatsapp logo
share logo

Relacionados