Fernanda Teixeira
14/07/2019
18:13
São Paulo (SP)

O Corinthians confirmou o favoritimo e levou a melhor sobre o CSA, neste domingo, no reeencontro entre as duas equipes após 36 anos. O Timão venceu por 1 a 0, com gol de Vagner Love, a partida válida pela 10ª rodada do Brasileirão, disputada em Itaquera.

Com o resultado, os donos da casa chegaram a 15 pontos e ocupam a oitava colocação. Já os visitantes, seguem no Z4, com seis pontos, na 19ª colocação, à frente apenas do Avaí. O próximo compromisso do time comandado por Fábio Carille é contra o Flamengo, no domingo, novamente na Arena. Já a equipe de Alagoas encara o Athletico-PR, no Rei Pelé, no sábado.


TABELA DO BRASILEIRÃO
> Veja os próximos jogos e a colocação do seu clube

Início animador
Os primeiros minutos de jogo na Arena animaram o torcedor corintiano no reencontro com a equipe. Diferente de outros jogos, em que teve dificuldades de criar, o Timão mostrou iniciativa e incomodou o CSA, comandado pelo jovem Pedrinho no meio-campo. As laterais, com Fagner, pela direita e Clayson, pela esquerda, também foram um caminho para encontrar os espaços para finalizar. Jordi fez boas defesas e salvou os alagoanos.

Love desperdiça
Depois do começo intenso, o Timão diminuiu o ritmo, mas continuou sem ser ameaçado pelo Azulão. Manoel e o estreante Gil não tiveram trabalho diante de um adversário que não chutou a gol. Antes do intervalo, os donos da casa tiveram a melhor chance da partida, quando Pedrinho deixou Vagner Love na cara do gol e o atacante errou um toque de efeito. Minutos depois Ralf tirou tinta da trave em chute de fora da área.

Pressão corintiana
No início da segunda etapa, Cássio finalmente fez a primeira defesa em finalização de fora da área de Ricardo Bueno. A reação dos visitantes, no entanto, ficou por aí. O Timão foi para cima e levou perigo com Gil, de cabeça, e Sornoza, de falta. Os jogadores corintianos ainda pediram pênalti em uma disputa de Avelar com Celsinho, mas o árbitro mandou seguir, após revisão do VAR.

Redenção do artilheiro
Na reta final da partida, Carille lançou Boselli no lugar de Pedrinho para aumentar o poder de fogo da equipe. A mudança surtiu efeito quase imediato. O argentino deu um passe açucarado entre as pernas do marcador para Love soltar uma bomba no ângulo e abrir o placar para a festa da Fiel. Minutos depois, Gil ainda teve um gol anulado por impedimento. Em vantagem, o Corinthians apenas administrou o resultado para confirmar o favoritismo e garantir importantes três pontos em casa.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 0 CSA


Data/Hora: 14/07/2019, às 16h (de Brasília)
Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Gramado: Bom
Público/ Renda: 33.952 pagantes, 34.238 presentes/ R$ 1.392.676,36
Árbitro: Wagner Reway (PB) Nota L! - 6,0: Não comprometeu nenhuma das equipes
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)
Árbitro de vídeo: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Assistente de VAR 1: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistente de VAR 2: Daniel do Espírito Santo Parro (RJ)
Cartões amarelos: Fagner, Sornoza (COR); Nilton, Ricardo Bueno, Alan Costa, Cassiano, Luciano Castan (CSA)
Cartões Vermelhos: Não houve

Gols: Vagner Love (32’/2ºT, 1-0)

Corinthians: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf (Régis, 15’/2ºT), Júnior Urso e Sornoza; Pedrinho (Boselli, 28’/2ºT), Clayson e Vagner Love (Gabriel, 34’/2ºT). Técnico: Fábio Carille

CSA: Jordi; Celsinho (Cassiano, 23’/2ºT), Alan Costa, Luciano Castan e Rafinha; Naldo, Nilton (Jean Cleber, intervalo), Jonatan Gómez (Victor Paraíba, 16’/2ºT) e Apodi; Alecsandro e Ricardo Bueno. Técnico: Argel