Avaí x Botafogo-SP

Foto: Reprodução/SporTV

Futebol Latino
18/08/2020
21:14
Florianópolis (SC)

Se recuperando do revés sofrido na última rodada do Brasileirão da Série B, o Botafogo-SP foi até Florianópolis e conseguiu um bom desempenho técnico recompensado pela vitória diante do Avaí por 1 a 0, gol marcado já na etapa complementar por Elicarlos. O marcador fez o Pantera subir, mesmo que momentaneamente, para a quarta posição com seis pontos enquanto o Leão fica com três unidades na 11ª colocação. 

OPORTUNIDADES RELÂMPAGO

Os atacantes do Botafogo-SP, com somente cinco minutos de partida, tiveram ótimas condições, por duas vezes, para colocarem rapidamente o time paulista à frente do marcador na Ressacada. Depois de jogada em velocidade feita pelo meia Jeferson, o camisa 39 cruzou rasteiro e Luketa passou da bola, tocando fraco pra meta e vendo o zagueiro Rafael Pereira tirando em cima da linha. Pouco tempo depois, foi a vez de Wellington Tanque ficar cara a cara com o goleiro Lucas Frigeri depois de passe errado dado pelo zagueiro Victor Sallinas. Mas o centroavante, de tanto tirar do arqueiro do Avaí, viu sua bola carimbar a trave esquerda dos catarinenses.

PRESSÃO ABSOLUTA

Após a pressão inicial dos visitantes, o Avaí chegou a exercer certa "monopolização" da posse de bola tentando empurrar o adversário para dentro de sua área, mas pecava na construção das jogadas e, com isso, tornava a função do goleiro Darley bastante tranquila.

Por sua vez, o ataque do Pantera variava seus lances e via a trave e o goleiro Lucas Frigeri salvar os anfitriões em pelo menos mais três oportunidades ainda na etapa inicial. Entretanto, um dos lances acabou ficando marcado pelo elemento plástico onde, após o cruzamento ser cortado parcialmente pela zaga do Leão, o atacante Rafinha deu uma linda bicicleta e viu a bola bater na trave direita antes de sair.

SE JÁ ESTAVA RUIM PRO AVAÍ...

Não bastasse a primeira etapa de baixo nível tanto técnico como de capacidade de marcação, a equipe de Geninho ainda teria de lidar com o fato de estar com um jogador a menos também em função dos espaços que deixava para o oponente. Aos 39, Luketa foi lançado em velocidade na retomada da posse e foi derrubado por Arnaldo que era o último marcador antes de Lucas Frigeri, motivando o árbitro Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro a dar cartão vermelho direto.

FUROU O BLOQUEIO

Apesar de em menor volume, o Botafogo-SP já havia assustado também na etapa complementar na batida de Val quando o lateral-direito cortou pro meio e bateu com extremo perigo do lado direito da meta de Lucas Frigeri. E, de tanto tentar, com 19 minutos Elicarlos aproveitou uma bola que espirrou na intermediária ofensiva e soltou uma verdadeira bomba de pé direito que foi no extremo canto esquerdo de Frigeri. 1 a 0 para o time de Ribeirão Preto na Ressacada.

NO DESESPERO

Nos minutos finais, o Avaí tentou, mesmo com todas as dificuldades e a desvantagem numérica, se aproveitar do fato da diferença mínima, para buscar um empate o qual até então não dava sinais de ter força para conseguir. A pressão desorganizada Azzurra teve pouco resultado prático e o resultado permaneceu 1 a 0 para o Bota.