Marcelo Bechler
23/04/2018
13:44
Enviado Especial a Liverpool (ING)

Na véspera do confronto com a Roma (ITA), pela semifinal da Liga dos Campeões, o técnico Jurgen Klopp se mostrou preocupado com o comportamento da torcida do Liverpool (ING) fora do estádio. Antes do jogo de ida contra o Manchester City (ING), milhares de torcedores lotaram as ruas dos arredores de Anfield para receber os ônibus das delegações. Festa, sinalizadores vermelhos acesos e músicas quando os donos da casa desembarcaram, mas o rival foi hostilizado.

- É bastante claro. Dentro do estádio apoiar de novo e ainda mais. Fora do estádio, por favor, mostrem respeito - pediu Klopp, nesta segunda-feira.

Pedras e garrafas foram atiradas no ônibus do City, causando rachaduras em algumas janelas. Pep Guardiola, ao descer do ônibus, disse “vergonha” olhando para uma das câmeras que registrava o momento.

- Este é um clube fantástico e com um dos melhores ambientes do mundo. Então nós não precisamos de jogar nada no ônibus do oponente - advertiu Klopp.

O Liverpool pediu desculpas ao Manchester City depois do ocorrido no último confronto. O treinador alemão se mostrou preocupado com a imagem que o Liverpool pode passar ao resto do mundo com atitudes como estas.

- Todos sabem como Roma é uma cidade incrível, mas nem todos sabem como Liverpool também é. Podemos mostrar como as pessoas de Liverpool, a cidade e o espírito do clube são maravilhosos 20 minutos antes do jogo e aí todo o mundo verá.

Mais de 50 mil pessoas são esperadas em Anfield para o jogo desta terça-feira. Veja abaixo o momento da chegada do ônibus do City, nas quartas, no estádio.