LANCE!
19/12/2018
16:23
Abu Dhabi (EAU)

O Real Madrid segue na busca pelo sétimo título mundial. Em Abu Dhabi, nesta quarta-feira, os Merengues despacharam o Kashima Antlers por 3 a 1 e estão na final da competição. O grande destaque da partida foi Gareth Bale, que anotou os três gols. Vale destacar a grande participação de Marcelo, autor de duas assistências.

Com os três gols, Bale tornou-se o vice-artilheiro da história do Mundial de Clubes, no formato atual, desde 2005. O galês já marcou seis vezes, um a menos que o ex-companheiro Cristiano Ronaldo, que deixou o Real Madrid nesta temporada.

Agora, o Real Madrid fará a decisão do Mundial no próximo sábado, às 14h30 (de Brasília), também em Abu Dhabi. O adversário será o Al Ain, time da casa, que eliminou nos pênaltis o favorito River Plate, após 2 a 2 no tempo normal e na prorrogação.

O Kashima queria aprontar novamente para cima do Real Madrid, assim como em 2016. Na ocasião, perdeu por 4 a 2, mas levou o jogo para a prorrogação e quase ficou com o título mundial. Desta vez, não teve a mesma força, porém começou a partida pressionando.

Com dois minutos, duas boas chances. A primeira em chute cruzado de Serginho. Em seguida, em cobrança de escanteio, cabeçada e a bola passou raspando à trave de Courtois. Aos poucos, o Real Madrid foi se acertando, chegando com perigo à meta japonesa.

A principal saída do Real era pela esquerda do ataque. Marcelo e Bale faziam o que queriam pelo setor e, por ali, saiu o primeiro gol, no fim da etapa inicial. O galês avançou e rolou para o brasileiro, que devolveu com um passe genial. Na cara do goleiro Kwon, o camisa 11 não perdoou.

Kashima Antlers x Real Madrid
Jogadores comemoram um dos gols de Bale (Foto: AFP)

O técnico Go Oiwa voltou com Uchida na vaga de Nagaki para reforçar o lado direito de sua defesa. Mas não contava com uma falha gritante de sua zaga logo aos sete minutos da etapa final. Yamamoto recuou na fogueira, Jung tirou errado e deixou na boa para Bale passar pelo goleiro e empurrar para o gol vazio. 

O segundo gol atordoou o Kashima, que levou o terceiro dois minutos depois. Marcelo novamente acionou Bale. Dentro da área, o galês acertou uma bomba para ampliar. Com grande vantagem, Solari aproveitou para tirar o atacante, poupando-o já para a decisão contra o Al Ain. Isco e Casemiro, este voltando de lesão após mais de um mês, também entraram em campo.

Com o jogo decidido, o Real se acomodou, dando campo ao Kashima e tentando sair em contragolpes. Após cruzamento para a área, a bola sobrou para Doi bater cruzado e diminuir para o time japonês. O árbitro ainda consultou o VAR, mas validou o lance. 

No fim, Benzema teve sua chance de ampliar e transformar a vitória em goleada, mas mandou para fora. Ainda teve tempo para um torcedor invadir o campo para abraçar o lateral Marcelo, um dos destaques da partida.