Ronaldo, ao lado de Sérgio Santos Rodrigues, confirmou que fará a compra de 90% da SAF do Cruzeiro após mudança no acordo aprovada pelo Conselho

Após a venda da SAF para Ronaldo ser confirmada, Raposa conseguiu extinguir duas punições que impediam o clube de registrar novos atletas (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Valinor Conteúdo
10/04/2022
19:48
Belo Horizonte (MG)

O Cruzeiro encerrou as punições que impediam o clube de registrar novos atletas. A equipe mineira acertou com o Independiente del Valle, do Equador,  e com o Atlético-AC, o pagamento de duas dívidas, que somadas dão quase R$ 14 milhões pelos negociações do zagueiro Caicedo e do atacante Careca, ambas em 2017. 

Com a quitação dupla, a Raposa terminou o Transfer ban na FIFA e a punição da CBF, que impediam o time mineiro de registrar novos atletas. Após a baixa, o Cruzeiro já iniciou a  inscrição  dos atletas já contratados, tendo em vista que a janela de transferência no Brasil fica aberta até o dia 12 de abril. 

A cúpula cruzeirense aproveitou a presença da delegação equatoriana em Belo Horizonte (duelo com o América-MG, pela Libertadores) para acertar o pagamento da dívida.

A Raposa tem cinco atletas esperando para serem confirmados como jogadores do clube. O goleiro Gabriel Mesquita, os atacantes Leonardo Pais e Rafael Silva  e  Henrique Luvannor. Rodolfo e Neto Moura já foram anunciados e estarão à disposição em breve.