Treino Seleção Brasileira Firmino

Roberto Firmino não gostou de declaração de Sérgio Ramos (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

LANCE!
07/06/2018
15:56
São Paulo (SP)

Uma polêmica da final da Liga dos Campeões da Europa foi pauta da entrevista coletiva da Seleção Brasileira nesta quinta-feira, em Londres. Companheiro de Sergio Ramos no Real Madrid (ESP), o lateral-esquerdo Marcelo  saiu em defesa do zagueiro, que foi chamado de 'idiota' por Roberto Firmino. O atacante da Seleção reagiu a uma citação do zagueiro espanhol.

- Sobre o Firmino falar do Sergio (Ramos), eu acho que o Sergio falou uma brincadeira. Todo mundo viu, tem o vídeo, acho que não era para chegar a esse ponto. Sou companheiro do Firmino há quatro anos. Não vou opinar sobre isso, mas tenho uma interpretação. Pode chamar de idiota ou não, mas tem que haver um respeito sobre o companheiro de profissão - afirmou Marcelo.

- Eu conheço o Sergio há 12 anos e é chato a gente ganhar três Champions seguidas e todo mundo falar que é porque bateu no goleiro, porque teve pênalti não marcado. Acho que tinha que valorizar mais os três títulos que o Real conseguiu por mérito próprio. Valorizam muito mais uma trombada do goleiro do que os três gols. Coitado do goleiro, assumiu toda a culpa em cima dele - completou.

A origem da polêmica foi a notícia de que o goleiro Karius, do Liverpool (ING), sofreu uma concussão durante a final da Champions  supostamente após choque com Sergio Ramos, do Real. O lance foi antes do Real marcar o primeiro gol com Benzema em falha grotesca de Karius, que entregou a bola nos pés do francês. O arqueiro ainda falharia no terceiro gol da vitória espanhola por 3 a 1, em chute de Bale. Isso gerou uma repercussão negativa para Sergio, acusado de ser maldoso, ainda mais por ter participado do lance que tirou o egípcio Salah da partida, o principal craque do Liverpool.

Indignado, Sergio Ramos reagiu com ironia ao episódio e disse o seguinte, citando Roberto Firmino:

- Estão dando muita bola ao tema de Salah. Não queria falar, mas vendo bem a jogada, ele pega primeiro meu braço, e eu caio do outro lado. Ele lesiona o outro braço, e dizem que lhe dei uma chave de judô. Depois o goleiro disse que estava abalado por um choque comigo. Só falta Firmino dizer que estava resfriado porque caiu uma gota do meu suor nele - afirmou o capitão do Real e da seleção da Espanha.