França x Bélgica

Bélgica perdeu por 1 a 0 da França e agora vai disputar o terceiro lugar no próximo sábado (foto: AFP)

Thiago Salata
10/07/2018
19:13
Enviado especial a São Petersburgo (RUS)

Roberto Martinez, derrotado pela França na semifinal da Copa do Mundo nesta terça, adotou discurso parecido com o de Tite, treinador que a Bélgica venceu nas quartas de final na última sexta. Assim como o brasileiro em sua última entrevista na Rússia, o técnico da Bélgica mostrou frustração por avaliar como bom o rendimento de sua equipe, eliminada, em sua visão, por "detalhes". Os franceses venceram por 1 a 0 em gol de cabeça após escanteio.

Mesmo frustrado, o espanhol agora tentará reanimar a equipe por um resultado histórico: buscar o terceiro lugar na Copa do Mundo. A melhor campanha da Bélgica em um Mundial foi a quarta posição, em 1986.

- Estou muito satisfeito como controlamos os contra-ataques da França. Tivemos mais a bola, temos de dar crédito para o adversário, que soube se defender bem. Tivemos a bola, não encontramos um pouco de magia e nem tivemos sorte na frente do gol. O primeiro gol do jogo seria vital, se fosse nosso, a França se abriria mais. Mas não conseguimos. Não creio que a bola parada seja uma debilidade da nossa equipe. Foi uma diferença de centímetros. Dói mais quando a diferença para passar a uma final de Copa do Mundo é uma jogada de bola parada - afirmou o técnico da Bélgica.

- A decepção é grande porque o nosso objetivo era ganhar o torneio, e não só fazer uma boa Copa. Infelizmente perdemos em uma bola parada e temos de aceitar - completou Roberto Martinez.

Na Rússia, a Bélgica já igualou sua melhor campanha em Copas do Mundo: o quarto lugar de 1986, no México. Há 32 anos, a equipe caiu na semifinal contra a campeã Argentina (2 a 0) e perdeu a disputa de terceiro lugar para a França (4 a 2). Martinez espera que o time tenha motivação para vencer o duelo de sábado, em São Petersburgo, contra o perdedor de Inglaterra x Croácia.

- Estou desapontado por perder uma semifinal. Vamos tentar terminar em terceiro lugar na Copa do Mundo. Em 1986 a Bélgica terminou em quarto. Vai ser um jogo importante. Mas nossa ambição era ir para a final, vai ser difícil trabalhar o emocional. As próximas horas serão chaves para nos recuperarmos, temos que entender que será uma partida importante - declarou.

- A gente teve o controle do jogo, mas a França é uma equipe grande. Foi uma decepção. Mas o terceiro lugar significa muito para a Bélgica - afirmou o meia De Bruyne, na saída da Arena de São Petersburgo.

Roberto Martinez também foi questionado sobre seu futuro na seleção da Bélgica. Após a Copa, a seleção passa a se concentrar na Eurocopa de 2020.

- Creio que é muito cedo para fazer um balanço da Copa do Mundo. Temos de nos concentrar no jogo do terceiro lugar. Depois, temos de olhar as gerações mais jovens e tratar de fortalecê-los. Tenho os olhos na Euro - afirmou.