Adriano de Souza avança no Oi Rio Pro (Foto: WSL/ Smorigo)

Adriano de Souza está fora da final do Oi Rio Pro (Foto: WSL/ Smorigo)

Jonas Moura
19/05/2016
09:18
Rio de Janeiro (RJ)

As esperanças de uma final brasileira no Oi Rio Pro, etapa brasileira do Circuito Mundial de surfe  (WCT), duraram pouco. Nesta quinta-feira, em mais uma manhã de céu cinzento no Postinho, Adriano de Souza e Gabriel Medina, dois últimos campeões do mundo, não resistiram aos seus rivais na semi e deram adeus ao título em casa. O australiano Jack Freestone e o havaiano John John Florence decidem o título do quarto evento do calendário.

Mineirinho foi o primeiro a entrar em ação, após se classificar com vitória sobre Davey Cathels (AUS), no início da manhã. Diante de um inspirado John John, o surfista encontrou dificuldades para encaixar boas manobras. O havaiano levou e melhor por 18,73 a 12,66 e vai enfrentar Freestone, que eliminou Gabriel Medina na sequência.

O paulista de Maresias chegou embalado após conseguir duas notas máximas na competição, uma no sábado e outra na última quarta-feira. Com muito apoio da torcida, ele até obteve boas notas no início, mas não foi o suficiente para conter o oponente, que venceu por 16,50 a 14,67.

Apesar da derrota, foi o melhor resultado de Mineirinho e Medina na atual temporada. O primeiro avançou à semi ao somar 12,97, contra 10,00 de Cathels. Já Medina havia passado com facilidade por Adan Melling (AUA), por 15,77 a 6,00.

Miguel Pupo ficou pelo caminho ainda nas quartas, ao perder para Freestone (12,50 a 11,60).

* Atualizado às 10h50