Filipe Toledo (WSL/Smorigo)

Filipe Toledo começou bem, mas levou virada no fim da bateria válida pela quinta fase (WSL/Smorigo)

Jonas Moura
18/05/2016
16:42
Rio de Janeiro (RJ)

O dia cinzento no Rio de Janeiro serviu para ilustrar a frustração de Filipe Toledo, atual campeão do Oi Rio Pro, etapa brasileira do Circuito Mundial de surfe (WCT). Nesta quarta-feira, o paulista foi eliminado na quinta fase da competição e deu adeus ao sonho de mais uma taça em solo verde e amarelo.

Depois de perder para os havaianos Dusty Payne e John John Florence na quarta etapa, o paulista encarou o australiano Davey Cathels pela repescagem. No início, abriu leve vantagem e parecia encaminhar a classificação. Mas acabou surpreendido negativamente.

Faltando menos de dois minutos para o fim da bateria, a "zebra" australiana mostrou a que veio. No tudo ou nada, o atual número 22 do mundo encontrou uma boa onda e selou a virada (15,67 a 14,87). Ele encara o atual campeão mundial, Adriano de Souza, nas quartas, nesta quinta-feira. Já Toledo se despede em nono.

O último brasileiro a tentar vaga nas quartas foi Italo Ferreira, mas o atual número três do mundo caiu diante de Jack Freestone (16,43 a 10,10). O australiano enfrenta Miguel Pupo.

Mesmo com a queda, Italo subirá para a vice-liderança do ao fim da etapa brasileira, já que o havaiano Sebastian Zietz deu adeus no terceiro round. Outra certeza é que, com Ferreira eliminado, Matt Wilkinson seguirá como número um.

A próxima chamada da Liga Mundial de Surfe (WSL) será nesta quinta, às 6h30. Resta ainda uma bateria para o encerramento da quinta fase, já que o confronto entre o australiano Adan Melling e o taitiano Michel Bourez ficou para o dia seguinte, devido às más condições de luminosidade com o entardecer na Barra da Tijuca. O vencedor terá pela frente Gabriel Medina.