Ricardo Oliveira

Time principal só usará Nike por mais sete jogos (Foto: Miguel Schincariol/LANCE!Press)

LANCE!
03/11/2015
08:35
Santos (SP)

Os contratos do Santos para a criação de uma linha exclusiva de material esportivo a partir de 2016 já estão em andamento. Segundo o presidente Modesto Roma Júnior, o acordo do clube com a marca italiana Kappa, que será responsável pelo design das peças, prevê o desenvolvimento de 48 produtos diferentes, incluindo três modelos diferentes de camisas de jogo, sendo uma delas mais popular. Estão neste projeto outros itens licenciados, como calções, casacos e bonés, por exemplo.

Antes de usar os modelos desenhados pela Kappa, porém, o Santos seguirá vestindo Nike até a Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro de 2016. À TV Santa Cecília, Modesto afirmou que as novas camisas serão lançadas no dia 26 de janeiro nas lojas oficiais do clube e utilizadas pelos atletas na pré-temporada e logo no início do Campeonato Paulista da próxima temporada. O acordo tem duração de três anos.


Além da Kappa, que será responsável pelo desenho das peças, o Santos fechou contratos com a Filon Confecções, que realizará a fabricação dos produtos e com a SPR, que será responsável pela distribuição. A administração das lojas oficiais seguirá de responsabilidade da Meltex, e a venda pela internet será com a Netshoes. Em seu último contrato de fornecimento de material esportivo, o Santos teve problemas com a parceria Nike/Netshoes, responsável por todo o processo.

A ideia de lançar uma linha própria de material esportivo visa triplicar a arrecadação anual com venda de camisas e produtos licenciados. Em uma simples camisa, por exemplo, o Santos hoje fatura apenas R$ 11. No novo modelo, como responsável pelo processo produtivo, a previsão de lucro é de R$ 50. Além disso, o logotipo da Kappa ficará estampado no ombro dos uniformes, permitindo que o espaço onde hoje fica o logo da Nike seja comercializado como cota de patrocínio por R$ 5 milhões anuais.