Treino Santos

Santos treina bolas paradas toda semana e só levou um gol pelo alto (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Russel Dias
15/02/2016
07:00
Santos (SP)

O técnico Dorival Júnior deixou a cidade de Novo Horizonte, onde o Santos empatou em 3 a 3 com o time da casa, cobrando o Peixe das chances perdidas no ataque. No entanto, os números que se destacam neste início de ano são referentes aos gols levados.

Em quatro jogos, o Peixe levou cinco gols, algo que não acontecia desde 2011, em que o Alvinegro iniciou o ano com sete gols levados em quatro jogos do Paulistão.

Curiosamente, quatro destes cinco tentos foram com as jogadas do adversário iniciadas pelo lado. O Novorizontino, por exemplo começou seus lances de gol pelas laterais do campo, explorando os dois lados.

Em todos os lances, os alas Victor Ferraz e Zeca estavam compondo a linha de quatro defensiva, mas não conseguiram evitar a pressão que teve início no campo de ataque do time da Vila Belmiro, setor que, assim como a defesa, está em reconstrução.

Enquanto Dorival aguarda um novo zagueiro ser contratado, já que perdeu Werley, Leonardo e tem David Braz no departamento médico, o garoto Lucas Veríssimo foi promovido rapidamente no início da temporada e foi titular em todos os jogos.

No ataque, o treinador perdeu Marquinhos Gabriel e Geuvânio, mas ganhou Joel e Paulinho. O segundo foi titular nas três primeiras rodadas e ainda tenta se adequar ao esquema do Santos, com dois atacantes pelo lado, que ajudam a marcar. No sábado, Patito foi o escolhido para atuar pelo lado esquerdo, mas foi substituído por Berola ainda no começo da segunda etapa.

– As coisas não aconteceram e três bolas encaixadas foram ao nosso gol – resumiu Dorival ao explicar os gols do Novorizontino.

No quesito desarme, o Alvinegro é o 10 time que mais rouba bolas em todo o Campeonato Paulista.

Em contrapartida, nenhum jogador levou a culpa individualmente por nenhum dos cinco gols sofridos nestes quatro jogos. Apesar dos atacantes terem sido cobrados por deixar alguns espaços abertos, a dupla de volantes Renato e Thiago Maia sempre esteve em seus respectivos lugares, assim como a zaga.
Por outro lado, o torcedor não pode reclamar dos gols a favor. Ao lado da Ferroviária, o Santos é o time que mais balançou as redes na competição, com oito gols.

Mais do que contratações, o Peixe precisará de tempo entre os jogos de quarta e domingo para fazer ajustes. Enquanto isso, vem clássico contra o Palmeiras pela frente.