Paula Mascára
17/08/2016
12:19
Rio de Janeiro (RJ)


O diretor executivo do COB, Marcus Vinicius Freire, afirmou, em entrevista nesta quarta-feira, que não recebeu nenhuma reclamação oficial sobre o comportamento do público em algumas modalidades. O tema virou polêmica após as declarações do francês Renaud Lavillenie, medalha de prata na salto com vara, que reclamou das vaias que sofreu nas horas dos seus saltos. O dirigente elogiou a torcida brasileira e afirmou que um dos legados da Olimpíada é o torcedor conhecer a cultura de certos esportes, aprendendo qual a melhor forma de torcer.