Africa do Sul x Suécia

Suécia estreou com vitória nesta quarta-feira (Foto: Divulgação/Fifa)

Bernardo Cruz
04/08/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

O foco do Brasil já está na Suécia. Após a boa estreia com goleada sobre a China, as atenções da equipe comandada por Vadão já estão voltadas para as europeias, no duelo que acontece sábado, às 22h, novamente no Estádio Olímpico, e que valerá a liderança do Grupo E do futebol feminino nos Jogos Olímpicos.

Questionado na coletiva, o técnico Vadão listou inúmeras qualidades da Suécia, sobretudo a alta estatura da próxima adversária.

- Não vejo muito ponto fraco na Suécia. É um país com tradição no futebol feminino, os clubes jogam a Liga dos Campeões. Uma equipe que tem ótima velocidade ofensiva, a média de altura do time é alta. Com isso, a bola parada é muito perigosa e esse aspecto no futebol feminino faz diferença. Acima de tudo é um grupo maduro e que não perde a cabeça - afirmou.

Um fator que poderá ser uma arma para a Seleção encaminhar a classificação é Marta. A capitã e principal jogadora do Brasil atua no futebol sueco há muitos anos e poderá passar informações valiosas.

- Acredito que a Marta poder atuar na Suécia é um ponto muito positivo para gente. E isso poderá ser importante para o nosso sucesso no próximo duelo - declarou a zagueira Mônica.

Nesta quinta-feira, na parte da tarde, Vadão comanda o primeiro treino para o confronto contra a Suécia. A atividade acontece no CFZ.