Igor Siqueira
03/08/2016
18:29
Rio de Janeiro (RJ)

A estreia da Seleção Brasileira na Rio-2016 teve uma falha de segurança. Uma torcedora conseguiu invadir o gramado e tirar uma foto com Marta logo após a vitória do Brasil, sobre a China, no Estádio Olímpico Nilton Santos.

Adryna Stphanie, de 14 anos, conseguiu sair da arquibancada, próxima ao setor da imprensa, ir por uma escada que será usada no atletismo e saiu caminhando pelo gramado até encontrar Marta.

A capitã da Seleção, que fora substituída durante o segundo tempo, tirou uma selfie com a invasora, que foi retirada logo após por um segurança da Fifa.

- O pessoal que tava com essas roupas diferentes aí (NR: voluntários, segundo ela) falou que se eu fosse esperta conseguiria entrar - falou eufórica a torcedora, que estava com um casaco da CBF e camisa da Seleção, além de dizer conhecer uma das jogadoras, Andressa Alves.

A retirada se deu pela zona de imprensa do Engenhão. Como ela foi colocada em um ponto do estádio que também não conseguiria sair, dois oficiais da Fifa voltaram para falar com ela para tentarem entender a rota que ela fez. O detalhe é que este repórter do LANCE! precisou fazer o trabalho de intérprete, já que a funcionária trazida pelos agentes da Fifa não falava português.

Depois de explicar como tinha feito a rota de invasão, o agente da Fifa fez a menina tomar o caminho de volta de deixar o estádio.