Estados Unidos x Nova Zelândia

Favorita ao primeiro lugar, Estados Unidos pegam faz final antecipada com a França (Foto: GUSTAVO ANDRADE/AFP)

Enrico Bruno
05/08/2016
18:25
Belo Horizonte (MG)

O jogo entre Estados Unidos e França pelo futebol feminino reunirá as atenções do mundo por dois principais motivos. O primeiro é que as duas seleções são favoritíssimas ao ouro olímpico na modalidade, e por isso fazem uma final antecipada logo na fase de grupos. O segundo, bem menos animador, é que os países já foram alvos de ataques terroristas, e por isso há uma preocupação extra e atenção especial com a segurança do evento, atletas e torcedores. O duelo será o primeiro da rodada dupla do Grupo G, neste sábado no Mineirão. Colômbia e Nova Zelândia completam a rodada.

Na estreia dos EUA, a equipe comandada por Hope Solo, Carli Lloyd e Alex Morgan não teve trabalho para vencer a Nova Zelândia por 2 a 0. Neste sábado às 17h, o teste será bem maior. Apontada como a nova sensação do futebol feminino, a França aparece como uma das postulantes para encerrar a sequência de dois ouros seguidos das americanas. No meio da semana, as europeias golearam a Colômbia por 4 a 0. Autora de um dos gols, a atacante Le Sommer é a principal referência francesa para tentar continuar em 1º lugar.


No outro duelo do sábado, Colômbia e Nova Zelândia se enfrentam às 20h. As duas equipes perderam na primeira rodada e têm chances de dar adeus à fase de quartas de final em caso de uma nova derrota. Se quiserem terminar a fase de grupos com pelo menos um dos terceiros melhores lugares, as Cafeteiras precisam vencer bem para recuperar o saldo bem negativo da estreia. Para isso, será preciso muita atenção para não ser novamente surpreendido nos primeiros minutos de jogo, como aconteceu no meio de semana. Sem muitas pretensões e com pouca tradição na modalidade, a Nova Zelândia joga para não tentar fazer feio e sair de campo sem um placar tão largo.

Neste momento, a França tem três pontos e lidera o grupo no saldo de gols: quatro contra dois dos Estados Unidos, que apresentam a mesma pontuação. Em terceiro, vem a Nova Zelândia, com zero ponto e -2 de saldo, enquanto a Colômbia segura a lanterna do grupo, com um saldo negativo de quatro gols.

Documentário olímpico