Chen Xinyi

A nadadora chinesa Chen Xinyi foi flagrada em exame antidoping (Foto: AFP PHOTO)

LANCE!
11/08/2016
21:18
São Paulo

Demorou seis dias, mas os primeiros casos de doping foram registrados nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A nadadora chinesa Chen Xinyi e a corredora búlgara Silvia Danekova foram flagradas em exames antidoping e serão julgadas pelo Tribunal Arbitral o Esporte. As informações são do jornal "O Estado de SP".

Segundo a publicação, o exame realizado na chinesa não foi realizado no Brasil, mas sim antes da atleta viajar ao pais para competir - ela já participou da provas dos 100 m borboleta (ficou em 4°) e está inscrita também nos 50 m livre (que ocorre sexta-feira). A substância ilegal detectada não foi revelada.

A atleta, de 18 anos, foi informada na última terça-feira sobre o doping e recorreu ao TAS para tentar reverter a punição. O Tribunal deve julgar o caso na noite desta quinta-feira.


Já a búlgara foi testada no Rio, no último mês de julho. Danekova começaria sua participação nos Jogos na próxima segunda-feira, na prova dos 3 mil m.

"O Estado de SP" confirmou que a atleta foi pega no doping com o Comitê Olímpico Búlgaro. Danekova, 33 anos, ainda espera o resultado da contraprova para recorrer. Seu teste indicou o uso de EPO (Eritropoietina), substância que aumenta o transporte de oxigênio pelo sangue - o que "aumenta o fôlego" dos atletas.