Bernardo Cruz
11/08/2016
14:09
Rio de Janeiro (RJ)

A participação do Brasil na canoagem slalom terminou nesta quinta-feira, no Parque Radical, em Deodoro. A dupla Charles Correa e Anderson Oliveira terminou a semifinal do C2 em 11º e último lugar na etapa, onde os dez primeiros tinham vaga garantida na final, que acontece às 14h30.

Os brasileiros foram os quintos a passarem pelo percusso. Após um início animados, a dupla enfrentou problemas na parte final. A punição de seis pontos (por tocarem em obstáculos) e totalizaram 116.49 pontos. Os alemães Franz Anton e Jan Benzien, atuais campeões mundiais do C2, ficaram com a melhor pontuação (107.93).

Após a disputa, os brasileiros mostraram satisfação com o resultado obtido, mesmo ficando de fora da grande decisão.

- Estamos satisfeitos com o resultado. Estou muito feliz com o desempenho, atingir uma semifinal, algo inédito para o Brasil. Acho que estamos de parabéns. Tivemos um errinho no final, mas acontece, é do esporte. Tudo que planejamos antes de descer, fizemos - afirmou Charles Correa, que teve o discurso endossado pelo companheiro Anderson Oliveira:

- Conseguimos fazer uma boa prova. Aqui estão os melhores do mundo, então não tem motivo para ficar triste. Não conseguimos a vaga na final, mas outras competições estão por vir - disse.

Na quarta-feira, Pedro Gonçalves, que assim como Charles Correa e Anderson Oliveira é da cidade de Piriju, que fica a 300 km de São Paulo, terminou a final do K1 em sexto lugar, na melhor colocação do Brasil em uma prova de canoagem slalom.