Coletiva anúncio atletas olímpicos

Ygor Coelho e Lohaynny Vicente (os dois de amarelo) vão representar o Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (Foto: Hildengard Meneses/CBBd e João Pires/Foto Jump)

LANCE!
28/04/2016
16:34
São Paulo (SP)

A Confederação Brasileira de Badminton (CBBd) divulgou nesta quinta-feira os dois atletas do país classificados para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto. Ygor Coelho, na competição simples masculina, e Lohaynny Vicente, na simples feminina, serão os representantes do país, que pela primeira vez vai contar com competidores na Olimpíada. O anúncio aconteceu no no Clube Fonte São Paulo, em Campinas (SP).

Como país-sede dos Jogos, o Brasil tinha direito a indicar dois atletas, um de cada naipe, para participar da competição. No entanto, Coelho e Lohaynny obtiveram a classificação por causa de seus desempenhos mundialmente. Atualmente, o atleta é o 62º colocado no ranking mundial e 29º no ranking olímpico. Já a brasileira ocupa a 67ª posição na classificação mundial e a 35ª no ranking olímpico. Ao todo, 76 atletas vão disputar as chaves de simples na Rio-2016, sendo 38 no masculino e 38 no feminino.

- Ser o primeiro brasileiro a disputar os Jogos Olímpicos no badminton é fantástico. Tudo o que eu abri mão durante quatro anos valeu a pena. Morei sozinho, deixei minha família e amigos em busca de um sonho. Estou orgulhoso e mais ainda por ter conseguido a vaga pelo ranking, sem precisar do convite pelo fato de o Brasil ser o país-sede. Devo muito ao meu pai, que sempre me apoiou, e ao técnico Marco Vasconcelos, que me treinou. Com ele, tive grandes resultados - afirmou Coelho.

- Não esperava me classificar. A confirmação da vaga veio no último minuto. Ser a primeira atleta do Brasil a participar dos Jogos Olímpicos no badminton é uma emoção muito grande. Agora, vem a expectativa do começo dos Jogos Olímpicos e a realização do sonho de todo atleta - declarou Lohaynny.

Agora, após um período de férias, os atletas brasileiros se reapresentam no dia 16 de maio para o início da preparação olímpica no Centro de Treinamento em Campinas. Em seguida, eles treinarão na Europa e participarão de competições nos Estados Unidos e no Canadá.

Duplas
Lohaynny e sua irmã Luana não conseguiram a classificação para os Jogos Olímpicos nas duplas femininas. Elas ficaram como a parceria número 2 da América, possivelmente a quarta ou quinta dupla reserva no mundo.