Peru x Paraguai (foto:AFP)

Guerrero, marcado em cima pelo paraguaio  Aguilar,  tenta levar a melhor na disputa de bola (foto:AFP)

RADAR/LANCE!
14/11/2015
02:24
Lima (PER)



Em jogo fraco, mas com alguns bons lances para ambas as seleções, o Peru,  que mostrou maior determinação ofensiva no primeiro tempo, fez o suficiente para vencer o Paraguai por 1 a 0, gol de Farfán, aos 19 minutos do primeiro tempo recebendo passe de Paolo Guerrero, que foi muito bem marcado e teve atuação apenas razoável. Foram os três primeiros pontos do selecionado peruano, que deixou a lanterna com a Venezuela  e jogou a Argentina para o penúltimo lugar das Eliminatórias sul-americanas.  O Paraguai tem quatro pontos e caiu para a quinta posição, deixando o Brasil em quarto lugar.

Na escalação, o Peru mostrou que iria jogar todo o ataque. Afinal tinha Reyna na criação e apostava numa trinca ofensiva com Farfán, Guerrero e o capitão Pizarro. O Paraguai, com Cáceres, Ortiz e Villalba no meio de campo, indicou que atuaria bem fechado. Foi o que aconteceu. Antes dos oito minutos, o Peru já havia arriscado quatro finalizações, duas com Guerrero.  Mas era pouco. O treinador peruano Gareca tratou de adiantar os laterais, principalmente o eficaz Advíncula pela direita.

Embora quase tenha levado um gol numa cobrança de escanteio aos 11 minutos - o zagueiro paraguaio Paulo da Silva cabeceou e Yotún salvou em cima da linha -  a seleção martelava muito e  chegou ao gol aos 19 minutos numa bonita trama. Depois de uma jogada truncada,  Tapia achou Guerrero na meia lua da área. O atacante do Flamengo conseguiu virar o jogo para Farfán, na esquerda. O camisa 10 ajeitou, bateu rasteiro e a bola entrou no canto direito do goleiro Silva.

O Peru seguiu muito perigoso, principalmente quando Farfán puxava os ataques, e em lances de bola parada. Aos 42 minutos, por duas vezes os bicolores ficaram próximos do segundo gol em lances de cabeçada. Primeiro com Guerreiro, que não marcou porque Piris o bloqueou mandando para escanteio. Na cobrança, Pizarro cabeceou de raspão e a bola passou muito perto. O Paraguai, débil ofensivamente e , ficou no lucro ao sair para o intervalo perdendo por apenas por 1 a 0.

O segundo tempo mostrou um jogo mais equilibrado, pois o Peru diminuiu muito o ímpeto ofensivo.  Vendo que poderia ousar um pouco mais, o treinador Ramón Díaz resolveu deixar o Paraguai ofensivo  tirando um dos volantes, Cáceres e o atacante Valdez, que estava inoperante. As entradas de  Benítez  e Bobadilla  fizeram efeito, pois o time passou a oferecer perigo. Aos 15 minutos, Bobadilla quase empatou, mas finalizou mal, nas mãos de Silva.  O jogo passou a ficar truncado, com muitas faltas e teve final melancólico. Menos mal para o Peru, que foi para três pontos na tabela e viaja para Salvador, onde enfrentará o Brasil na próxima terça-feira, um pouco mais animado. O Paraguai buscará a recuperação recebendo a Bolívia, também na terça-feira.


FICHA TÉCNICA:
PERU 1 X 0 PARAGUAI


DIA E HORA: 14/11/2015 - 0h15
LOCAL: Estádio Nacional, em Lima (PER)
ÁRBITRO: Julio Bascúñan (CHI)
AUXILIARES: Raúl Orellana e Claudio Ríos (CHI)
CARTÕES AMARELOS: Yotún (PER); Piris e González (PAR)
CARTÕES VERMELHOS: -
GOLS: Farfán, 19'/1ºt (1-0), 

PERU: Penny; Advíncula, Zambrano, Ascues e Yotún; Tápia (Ballón, 27'/2ºT), Lobatón e Reyna (González, 47'/2ºT); Farfán, Guerrero e Pizarro (Hurtado, 36'/2ºT). Técnico: Ricardo Gareca

PARAGUAI: Silva; Piris, Aguilar, Da Silva e Samúdio; Cáceres (Bobadilla, 13'/2ºT), Ortíz (Santana, 34'/2ºT), Villalba e Derlis González; Valdez (Benítez, 13'/2°T) e Lezcano. Técnico: Ramon Díaz