Embarque do Flamengo

Jogadores do Flamengo envolvidos em polêmica (Foto: Reprodução Twitter)

David Nascimento  e Pedro Barboza
04/11/2015
19:09
Rio de Janeiro (RJ)

Pará, Alan Patrick, Everton, Paulinho e Marcelo Cirino, suspensos por tempo indeterminado, demonstraram arrependimento após o treino da tarde desta quarta-feira. Com isso, a diretoria rubro-negra, em conjunto com a comissão técnica, resolveu voltar atrás e, a partir desta quinta-feira, os cinco vão treinar com o grupo novamente.

A decisão, porém, em nada altera a multa de 30% aplicada sobre os salários de cada um dos jogadores afastados na última semana.  Isto também não significa que eles estarão à disposição do técnico Oswaldo de Oliveira para o jogo contra o Goiás. Ao longo da semana novas conversas serão realizadas entre as partes para avaliar o que será feito até o fim da temporada.

- Diante da reação dos jogadores, a comissão técnica decidiu que voltariam a treinar com o grupo sem o prejuízo da multa de 30% - explicou o presidente Eduardo Bandeira de Mello ao LANCE!.


Segundo apuração do L!, esta decisão em nada afeta o planejamento de 2016. Sendo assim, o quinteto permanece na lista dos que não devem ser aproveitados no próximo ano.

Os cinco jogadores foram afastados por tempo indeterminado após terem fotos divulgadas em redes sociais, de uma festa que aconteceu em uma casa próxima ao Ninho do Urubu. Na ocasião, o técnico Oswaldo de Oliveira mostrou-se irritado com a decisão da diretoria, já que pretendia ainda conversar com os jogadores antes de uma punição definitiva.