Corinthians Horto

Torcida do Corinthians foge de bombas nos arredores do Horto (Foto: Reprodução/Youtube)

LANCE!
04/11/2015
18:46
São Paulo (SP)

O Corinthians emitiu, no início de noite desta quarta-feira, uma nota oficial em seu site para denunciar maus-tratos sofridos por sua delegação e seus torcedores nos arredores do Estádio Independência. Timão e Galo jogaram no local no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

Por meio da nota, o clube paulista reclama das autoridades responsáveis pelo jogo (no caso, Atlético-MG e Polícia Militar). Na chegada ao estádio, o ônibus dos jogadores e da comissão técnica do Corinthians foi apedrejado. 

Em um vídeo divulgado no site do clube, são reproduzidas cenas de correria no entorno do Horto. Torcedores do Corinthians fogem de bombas e tentam se esconder atrás de postes e carros.

Vale lembrar que muitos corintianos chegaram ao Independência sem ingresso e não conseguiram comprar bilhetes. As entradas já haviam sido esgotadas.

CONFIRA ABAIXO A NOTA OFICIAL DO CORINTHIANS NA ÍNTEGRA

"Até quando?

Infelizmente, fatos lamentáveis ocorreram no último fim de semana em Belo Horizonte antes do jogo diante do Atlético-MG.

Tivemos um exemplo de despreparo total no estádio. O ônibus da delegação atingido por latas de cerveja e outros objetos.
O pior de tudo foi a forma desrespeitosa e violenta como foram tratados os torcedores.

No vídeo publicado abaixo desse texto, todos podem ver cenas de praça de guerra.

Não importou às autoridades se crianças ou mulheres poderiam sair feridas.

Fica a nítida impressão que pouco ou quase nada foi feito para evitar um confronto.

Esses torcedores, mesmo do outro lado, são os consumidores do espetáculo chamado futebol. Não podem ser tratados como alvos de uma guerra.

E o pior, pessoas que se viram envolvidas no episodio, ficaram desorientadas. Os feridos não tiveram a devida assistência.

O desespero desses torcedores, vitimas da desorganização e do despreparo das autoridades responsáveis pelo evento, nao podem ser repetidos. Até quando cenas tristes como essa irão continuar?

Pelo bem de todos, imagens como essas não podem ser mais vistas num estádio de futebol."