Gabriel Carneiro
17/08/2017
18:37
São Paulo (SP)

Desfalque do Corinthians nas cinco últimas partidas da temporada em razão de uma lesão muscular na coxa direita, o zagueiro Pablo deu um novo passo em seu processo de recuperação nesta quinta-feira. Ao lado do volante Mantuan, o camisa 3 realizou atividades físicas no gramado do CT Joaquim Grava, inclusive alguns exercícios usando bolas, e mostrou que está mais perto de voltar à equipe do técnico Fábio Carille.

Foi o primeiro trabalho mais exigente de Pablo, que já encerrou tratamento no departamento médico e agora realiza a transição para o gramado, revezando trabalhos em campo com outros treinos na academia e no laboratório biomecânico, onde há diagnósticos de deficiências que podem ocasionar novos problemas. O zagueiro ainda não será relacionado para a partida deste sábado, contra o Vitória, e não tem data certa para voltar à equipe - o Timão enfrenta Chapecoense no próximo meio de semana e Atlético-GO na semana seguinte.

Enquanto realiza tratamento para voltar ao Corinthians, Pablo vive um imbróglio nos bastidores a respeito de sua permanência no clube. Ele está emprestado até o fim do ano pelo Bordeaux (FRA), e o acordo que o Timão possuía para comprar os direitos do jogador esfriou nas últimas semanas, desde que a diretoria se desentendeu com seu empresário.

O Corinthians havia acertado que pagaria ao Bordeaux pouco mais de R$ 4 milhões e mais 15% dos direitos econômicos do atacante Malcom para garantir 100% dos direitos econômicos de Pablo em dezembro de 2017 ou julho de 2018 com validade até o fim de 2021. Porém, um entrave no pagamento de luvas e comissão do novo contrato emperrou as negociações e gerou troca de acusações entre dirigentes e representante.

Desde então, as conversas não saíram do lugar, o que fez o Bordeaux pressionar pela solução e outros clubes mostrarem interesse em Pablo. A possibilidade de Pablo lucrar mais em uma transferência para outro clube causou revolta de alguns torcedores na internet, e o jogador escreveu uma postagem com os seguintes dizeres: "Calma gente, tudo isso é mentira".