Bruno Cassucci e Guilherme Amaro
09/02/2017
00:01
São Paulo (SP)

De Fagner para Rodriguinho, assim foi o gol que garantiu a vitória e classificação do Corinthians sobre a Caldense (1 a 0) pela Copa do Brasil. Decisivos, os dois foram os melhores em campo. Confira as notas do L!:

CORINTHIANS

6,5
Cássio

Foi pouco exigido, mas mostrou segurança quando necessário. Quase não deu rebotes. Só errou algumas poucas reposições.

7,0
Fagner

Teve ótimo índice de acerto de passes e fechou os espaços na defesa. Deu cruzamento preciso para Rodriguinho marcar o gol da vitória.

6,0
Balbuena
Bateu cabeça uma vez com Pablo, mas não comprometeu. Teve vida facilitada pelo ataque da Caldense e ganhou quase todas as disputas.

6,0
Pablo

Firme nos desarme, teve atuação segura. Segundo o Footstats, não errou nenhum passe. No ataque, levou menos perigo que o parceiro Balbuena.

6,5
Marciel

Deu conta do recado na lateral esquerda, sobretudo na defesa, sendo o corintiano que mais roubou bolas. Pecou apenas nos erros de passe.

6,0
Gabriel

Muito bem ao fechar espaços, recuperando bolas e evitando lances de perigo. Na saída ao ataque, jogou simples e acertou todos os passes.

5,5
Giovanni Augusto

Embora esforçado, foi discreto na partida. Errou passes e cruzamentos e participou pouco do jogo, que fluiu mais pelo lado oposto do campo.

6,0
Felipe Bastos
Oscilou um pouco, mas mostrou muita disposição. Foi perigoso nos lances de bola parada, mas errou muitos cruzamentos e passes.

7,0
Rodriguinho
Ajudou na criação e ainda se aproximou da área para finalizar, como no lance do gol. Foi quem mais ficou com a bola. Pode render ainda mais.

6,5
Marlone
No primeiro tempo foi a principal válvula de escape do Corinthians para o ataque. Caiu um pouco de rendimento depois. Precisa finalizar melhor.

6,5

Se mexeu muito e ajudou a segurar a bola no ataque, fazendo o papel de pivô. Fundamental no lance do gol, tendo começado a jogada.

6,0
Marquinhos Gabriel
Deu novo gás ao ataque do Corinthians no segundo tempo e ajudou a cavar faltas. Contudo, ainda precisa de mais tempo para ser avaliado.

6,0
Camacho
Ajudou a rodar a bola na frente e foi bem na marcação no pouco tempo em que atuou. Outro que precisa de mais tempo para ser julgado.

-
Guilherme
Ficou poucos minutos em campo. Sem nota.

7,0
Téc: Fabio Carille
Time dominou do começo ao fim e, mesmo com a vantagem, seguiu atacando. Equipe mostra organização tática e vai evoluindo aos poucos.

CALDENSE

6,0
Neguete

Assustou em duas saídas, mas também fez duas boas defesas.

5,5
Alexandre Lazarani
Teve trabalho para marcar Marlone.

6,0
Marcelinho
Perdeu disputas com Jô, mas não chegou a comprometer.

6,0
Hélio
Outro que não comprometeu e deu chutões para afastar o perigo.

6,0
Rafael Estevam
Foi correto atrás e tentou subiu ao ataque para cruzar.

6,0
Álvaro
Teve muito trabalho, mas conseguiu desarmes pelo meio de campo.

5,5
Thiago Carpini
Também foi muito exigido, fez quatro faltas e levou amarelo.

5,0
Anderson Santos
Participou pouco e só olhou Rodriguinho marcar.

6,5
Maradona
Buscou o jogo e finalizou duas vezes. Em uma, exigiu boa defesa.

5,5
Luiz Eduardo
Foi discreto no ataque, mas voltou muito para ajudar na defesa.

6,0
Zambi
Mostrou esforço, mas não teve sucesso nas jogadas e finalizações.

5,5
Cristiano
Entrou no início do segundo tempo e pouco acrescentou.

6,0
César
Tentou as jogadas pelos lados, mas não conseguiu levar perigo.

6,0
Edu Silva
Pouco pôde fazer durante os 20 minutos que esteve em campo.

6,0
Téc: Thiago Oliveira
Time mostrou organização, mas não surpreendeu.