torcida da Caldense

Torcedor desfilou pelas arquibancadas exibindo faixa provocativa ao clube de São Paulo (Foto: Gabriel Carneiro)

Gabriel Carneiro
08/02/2017
21:25
Poços de Caldas (MG)

Animada para um dos jogos mais importantes de sua temporada, a torcida da Caldense caprichou na provocação ao Corinthians antes do confronto válido pela primeira fase da Copa do Brasil, no estádio Ronaldão, em Poços de Caldas. Além dos xingamentos a todos os jogadores, especialmente o atacante Jô, os torcedores provocaram relembrando uma negociação fracassada do Corinthians nas últimas semanas, pelo atacante marfinense Didier Drogba.

"Ô Drogba, cadê você? Eu vim aqui só pra te ver", cantou a torcida durante o aquecimento dos jogadores do Corinthians no gramado. Além disso, um torcedor desfilou pelas arquibancadas com uma enorme faixa escrito "Valeu Drogba", em referência à nota oficial divulgada pelo Timão agradecendo à estrela ex-Chelsea por ter negociado com o clube brasileiro.

Apesar da provocação em relação ao "caso Drogba", a verdadeira fúria da torcida da Caldense foi contra Jô. O atacante marcou um gol irregular com a camisa do Atlético-MG na final do Campeonato Mineiro de 2015, tirando um título invicto da equipe de Poços de Caldas que seria inédito na história da competição. O jogador enfrentou a ira da torcida na cidade e foi ofendido antes e durante a partida da Copa do Brasil, inclusive durante a execução do Hino Nacional Brasileiro.

A festa da torcida da Caldense foi dentro e fora de campo. Na parte externa, houve venda de camisas piratas das duas equipes, churrasquinho nas barraquinhas e cerveja liberada no estádio até o intervalo da partida.

O estádio esteve perto de sua capacidade máxima, que é 7.600 torcedores. Cerca de 4 mil ingressos foram vendidos à torcida do Corinthians, que ocupou o setor descoberto, e o restante foi para os caldenses, que estiveram nas arquibancadas cobertas.