Gabriel Carneiro
08/02/2017
20:37
Poços de Caldas (MG)

O Corinthians desistiu da contratação do atacante Willian Pottker, de 23 anos, da Ponte Preta. O principal motivo para o clube declinar do sonho de ter o artilheiro do Brasileirão-2016 foi o fato de não poder utilizá-lo na Copa do Brasil. O centroavante foi escalado pela Macaca nesta quarta-feira, contra o Campinense, na primeira fase da competição nacional e assim não poderá atuar por outra equipe nesta edição do torneio.

O anúncio da desistência foi feito pelo diretor de futebol alvinegro, Flávio Adauto, ao lado do gerente Alessandro Nunes, antes da partida contra a Caldense nesta quarta-feira.

- A partir deste momento oficialmente a gente não toca mais nesse assunto. Tínhamos tudo praticamente decidido para ele se integrar ao elenco após o Paulista. Isso era um acordo, era conversado. Mas Ponte Preta colocou o jogador em campo hoje... Consultamos às 16h, às 19h, e a Ponte no direito dela colocou o jogador para atuar, o Corinthians a partir desse momento esquece esse assunto, não fala mais de Pottker - declarou Adauto.

- Desejo que ele tenha uma sequência brilhante. No futuro vamos aguardar, não sei. Ele provavelmente vai jogar a Copa Sul-Americana também, o Corinthians não vai ficar esperando. Foram contratações feitas ao longo de muito tempo, tudo esteve praticamente acertado, mas esse "praticamente" não permitiu que o negócio fosse concretizado - completou.

O clube de Parque São Jorge já havia aceitado esperar Pottker até o fim do Paulistão. Para facilitar a liberação do centroavante, o Timão também emprestou o atacante Lucca e o zagueiro Yago à Ponte.

Entretanto, em momento algum foi feito um acordo formal entre o Corinthians e a Macaca. No acerto verbal também não foi discutida a utilização de Pottker na Copa do Brasil,  como a própria diretoria do clube da capital admite.