Apresentação Juventude e Atlético-MG Copa do Brasil

Apresentação Juventude e Atlético-MG Copa do Brasil

Rafael Bortoloti
18/10/2016
17:51
Belo Horizonte(MG)

Atlético-MG e Juventude têm um encontro marcado para às 19h30 desta quarta-feira, válido pela fase de volta das quartas-de-final da Copa do Brasil, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul(RS). Na partida de ida, no Mineirão, o Atlético venceu por 1 a 0, gol de Lucas Pratto. 

Do lado do Atlético-MG, jogadores como Fred, Erazo, Robinho e Victor que têm Copa do Mundo na bagagem, além de Rafael Carioca, Pratto, Otero e Cazares, que também colecionam passagens pelas respectivas Seleções.

Do outro, o Juventude, a sensação da Copa do Brasil  e da temporada 2016. O alviverde chegou à final do Campeonato Gaúcho, eliminando o Grêmio na semifinal, conquistou o torneio Longevidade, em janeiro. Na Copa do Brasil, deixou para trás o Coritiba, o Paysandu  e o São Paulo.

De quebra, já carimbou o acesso à Série B em 2017( O Juve está nas semifinais e ainda pode ser campeão. Na primeira partida, derrota para o Boa Esporte, por 2 a 1). Se fora de campo, o grande destaque do Juventude é o treinador Antônio Carlos Zago, dentro dele é o goleiro Elias, que mostrou-se confiante na classificação, mas rasgou elogios ao Atlético. 

 - Será um grande jogo. O Atlético é uma grande equipe, uma das melhores do Brasil, com grandes jogadores, mas acredito em nosso potencial. Somos muito fortes em casa, assim como também somos fora. E estou preparado caso haja disputa de pênaltis. Acho que vamos impor o nosso ritmo de jogo e reverter a situação em ambos- contou ao LANCE! 

 -Desde o início da temporada,  o nosso foco é a Série C. A Copa do Brasil é um bônus, mas também queremos muito. Contra o Boa Esporte entramos com os reservas, porque bem ou mal, já nos classificamos para a Série B. E de, certa forma, avançar na Copa do Brasil é importante até para o caixa do clube- completou. 

Retrospecto favorável ao Atlético 

Apesar de ter destacado a força do Juventude em casa, o retrospecto do alviverde jogando no Alfredo Jaconi não é tão animador.  São quatro jogos, duas vitórias e duas derrotas. Quando perdeu em casa, o Juventude conseguiu a classificação fora, o que não aconteceu contra o Atlético. 

Além disso, o Atlético tem outro bom motivo para sair confiante na vitória: o retrospecto contra o próprio Juventude. Em dez partidas no estádio,  o Galo  nunca foi vencido pelo resultado que o elimina. São três derrotas, todas por 1 a 0, o que levaria o confronto para os pênaltis, além de outras quatro vitórias. 


Como jogam 

O Atlético-MG virá com novidade na lateral-direita. Patric começa jogando, o que não acontece desde julho. O titular, Marcos Rocha está machucado, e o reserva imediato, Carlos César, suspenso.

O atacante Fred, que já disputou a competição pelo Fluminense, não pode jogar. Dátolo e Carlos também estão machucados. Por outro lado, Luan deve ficar ser relacionado após se recuperar de uma lesão muscular na coxa esquerda. 

Já o Juventude  não terá o zagueiro Anderson Marques e o lateral Ernani, que já disputaram a competição por outros clubes. Bruninho, machucado, também não joga. 


Provável Atlético-MG: Victor; Patric,  Leonardo Silva, Erazo e Fábio Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso e Otero; Clayton, Robinho e Pratto. Técnico: Marcelo Oliveira. 


Provável Juventude: Elias; Vidal, Klaus, Ruan e Pará; Wanderson, Lucas, Felipe Lima, Wallacer e Roberson; Hugo. Técnico: Antônio Carlos Zago