LANCE!
18/10/2016
07:30
São Paulo (SP)

Está encerrada a 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Faltam sete jogos e apenas um clube já está com "missão cumprida", com poucos objetivos até o fim: a Chapecoense, com 42 pontos, a seis do G6, tem remotas chances de vaga na Libertadores (2%, de acordo com o site Infobola) e praticamente já se garantiu na Série A de 2017, com 1% de chances de rebaixamento. América-MG e Santa Cruz estão "cumprindo tabela" à espera da Segunda Divisão.

Todos os outros 17 clubes brigam por algo. A principal disputa, pelo título, tem o Palmeiras com sua maior vantagem nas 22 rodadas em que o clube ficou na liderança: quatro pontos para o vice-líder Flamengo. Os dois devem polarizar de vez a briga por taça, já que a derrota para o Botafogo deixou o Atlético-MG a oito do líder. O Galo, aliás, teve ameaçada sua terceira colocação, que seria perdida se o Santos tivesse vencido o Grêmio, na Vila (jogo terminou 1 a 1). O Peixe, com 55 pontos, contra 56 dos mineiros, mira a posição que lhe garantiria uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores de 2017.

Botafogo (50), Atlético-PR (48), Corinthians (48), Grêmio (47), Fluminense (46) e Ponte Preta (45) lutam pelas duas vagas mais "ao alcance" no G6. O Fogão impressiona pela arrancada e desempenho no segundo turno: com 27 pontos na segunda parte do Brasileirão, só pontuou menos do que o Palmeiras (28).

Na parte debaixo da tabela, o Figueirense se complicou com a derrota para o líder Palmeiras e vê a saída do Z4 a quatro pontos de distância. É o maior candidato a ocupar uma das duas vagas abertas na Série B. A luta para escapar da outra promete grande emoção até o fim: São Paulo (39), Cruzeiro (38), Sport (37), Coritiba (37), Inter (36) e Vitória (35) lutam contra a degola. A próxima rodada começa no sábado à tarde, com São Paulo x Ponte.