Natália de volta à Seleção Brasileira

Natália poderá ser utilizada na etapa japonesa (CBV Divulgação)

Web Vôlei
09/06/2019
14:03
São Paulo

Ausente durante a terceira etapa da Liga das Nações feminina por conta de uma torção no joelho, a ponta Tainara também está fora dos jogos em Tóquio, a partir desta terça-feira.

O técnico José Roberto Guimarães decidiu inscrever Júlia Bergmann na posição.

Já Natália, que sentiu um problema muscular no adutor da coxa no início do jogos contra os Estados Unidos, está inscrita. A comissão técnica, porém, ainda não revelou se irá utilizá-la nos jogos.

No Japão, o grupo brasileiro será formado pelas levantadoras Roberta e Macris, as opostos Paula Borgo e Lorenne, as ponteiras Gabi, Natália, Amanda e Júlia Bergmann, as centrais Bia, Mara, Mayany e Milka e as líberos Léia e Natinha. Além de Tainara, a central Lara não disputará a etapa japonesa.

A Seleção Brasileira estreará na quarta semana da VNL na terça-feira contra o Japão, às 7h10 (horário de Brasília).

- É sempre difícil enfrentar equipes da escola asiática, ainda mais o Japão dentro de casa. Elas estão fazendo um bom campeonato e tem evoluído nas últimas temporadas. É uma equipe de muita velocidade e técnica e que tem como ponto forte o sistema defensivo. O Japão saca muito bem e tem uma defesa bem posicionada. Será importante termos paciência para fazer um bom jogo e equilibrarmos as ações defensivas delas. O nosso saque também precisa funcionar contra as japonesas - analisou José Roberto Guimarães.

Na classificação geral, o Brasil aparece em sexto lugar, com 19 pontos (seis vitórias e três derrotas). A Turquia está na liderança, com 24 pontos, seguida pela Itália, com 22, os Estados Unidos, com 21, a China, com 20, e a Polônia também com 20, mas com um saldo de sets pior que as chinesas. O Japão é o sétimo colocado, com 15 pontos (cinco resultados positivos e quatro negativos).