Comemoração do Fluminense

Comemoração do Fluminense (Mailson Santana/Divulgação Fluminense)

Web Vôlei
14/01/2020
19:20
Rio de Janeiro

O primeiro Fla-Flu da história da Superliga feminina terminou com com uma vitória incontestável do Tricolor.

No Ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro, triunfo por 3 sets a 0, parciais de 25-16, 25-14 e 25-15, em pouco mais de uma hora. O jogo foi válido pela 11ª e última rodada do turno da competição nacional.

Thaisinha foi eleita a melhor do clássico e faturou o Troféu VivaVôlei.

Repetindo um comentário de Fabi durante a transmissão do SporTV, o Fluminense foi absoluto na partida. Dominou as ações do início ao fim, com regularidade ofensiva do trio de extremidades do ataque (Paula Borgo, Thaisinha e Mari Cassemiro), saque sempre incomodando a linha de passe do Flamengo e assim facilitando a vida do bloqueio.

O time rubro-negro em nenhum momento pareceu confortável no clássico. O técnico Alexandre Ferrante mexeu em quase todas as posições, em todos os sets, mas não conseguiu reagir.

O resultado fez o Fluminense ganhar uma posição na classificação ao fim do turno da Superliga. Com 16 pontos, o time de Hylmer Dias ultrapassou o Pinheiros, com 15, e subiu para o sexto lugar. A vitória ainda garantiu a presença tricolor na Copa Brasil. Nas quartas de final, enfrentará o terceiro colocado, que sairá do duelo entre Dentil/Praia Clube e Itambé/Minas.

Já o Flamengo, com sete pontos, segue na décima colocação.