David Nascimento e João Mércio Gomes
18/07/2018
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco apresentou na última terça-feira o atacante Maxi López. O argentino, que atuou em equipes importantes como o Barcelonam, da Espanha, e o Milan, da Itália, é o responsável por dar ao presidente Alexandre Campello e a diretoria cruz-maltina a expectativa do aumento expressivo do número de sócios-torcedores. De acordo com o ranking do programa "Futebol Melhor", da Ambev, o Vasco tem computados 25.152 associados - até às 22h30 da terça passada.

A direção do Vasco tem a ambição, com a chegada de Maxi López, de que os números aumentem em ao menos cinco mil até dezembro deste ano. La Barbie, como é conhecido, será uma peça fundamental do departamento de marketing do Vasco para alavancar o programa de sócio. Inclusive, durante a apresentação, uma ação já foi realizada, quando Alexandre Campello entregou uma carteirinha de sócio-torcedor personalizada para o novo reforço do Vasco.


Presidente do Vasco, Alexandre Campello foi além: prometeu um novo reforço de peso no fim da temporada na equipe, caso os torcedores se associem ao programa "Gigante" de maneira expressiva. Ele lembrou de conversas entre vascaínos nas redes sociais, além de citar o programa de anistia para sócios estatutários que foi aberto no início desta semana, possibilitando o retorno ao quadro de São Januário com condições facilitadas.

- Vejo nas redes sociais que o torcedor cobra jogador. Eles dizem para trazer o torcedor que a torcida paga. Eu trouxe (risos). Mas espero mesmo que a torcida abrace, que os sócios voltem com a anistia, na segunda-feira tivemos quase mil pessoas que aproveitaram o programa. Desejo que o torcedor que tanto cobrou passe a também a colaborar. Se tivermos um aumento expressivo, podemos trazer mais um grande jogador no fim do ano - afirmou o mandatário.

O último reforço de peso contratado pelo Vasco havia sido Luis Fabiano, também atacante, no início do ano passado, mas que já deixou o clube sem muito sucesso. Agora, Maxi López chega para suprir a carência na posição de centroavante, com objetivos claros dentro da diretoria, que espera retornos dentro e fora de campo. No cenário de austeridade financeira, este panorama é importante para que o Vasco vise dias melhores no futuro.

placeholder