Novak Djokovic - Tenista

(Foto: Reprodução)

TÊNIS NEWS
06/07/2020
16:06
Ponte Vedra Beach (EUA)

A Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) divulgou nesta segunda-feira detalhes de como será feito o desconto de pontos no ranking profissional a partir da retomada do circuito profissional mo mês de agosto, o sistema mudou em razão da pandemia da COVID-19.


A alteração do ranking é temporária, ressalta a ATP, que ainda finaliza seu comunicado com uma observação: "Caso a temporada 2021 seja impactada pelo Covid-19, novos ajustes nos rankings serão considerados."

Através de um comunicado enviado à imprensa, a ATP informa que a partir de agosto, quando o circuito será retomado após a parada da pandemia da COVID-19, e levará em consideração 22 meses, num sistema que começa a descartar pontos em março de 2019 e será finalizado em dezembro de 2020.

O ranking é operado com os 18 melhores resultados ao longo de 52 semanas, se o torneio disputado for repetido em 2020 vai manter o melhor resultado nos dois anos. Por exemplo o torneio de Madri será jogado em setembro deste ano, o melhor resultado dos dois será o contabilizado. O mesmo vale para Roland Garros e Roma.

De acordo com o comunicado, o ranking promove:

•Flexibilidade e justiça aos jogadores em todos os níveis, paralelamente ao número congelado de pontos disponíveis como parte do calendário provisório revisado de 2020.
• Fornecer um sistema que possa se adaptar a outras alterações no calendário, se necessário.
• Recompense jogadores que tenham um bom desempenho após a retomada da temporada.
• Um jogador não pode contabilizar o mesmo evento nos seus 18 melhores resultados e os pontos de 2020, caem normalmente em 2021.