Tite convocação

Tite disse que levaria Gerson para a Seleção Brasileira um dia (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

David Nascimento e Vinícius Faustini
25/10/2019
12:51
Rio de Janeiro (RJ)

O grande momento pelo qual passa o Flamengo não passou em branco na coletiva da Seleção Brasileira. Embora não tenha chamado atletas da equipe, Tite teve de discorrer sobre o Rubro-Negro em vários momentos que os jornalistas perguntaram sobre o time. O treinador até "adiantou" um nome que chama  atenção do elenco atual do Fla.

- Vou até fazer uma inconfidência. O cara passou ali e falou: "Gostou?" Eu disse: "Parabéns". Ele falou: "Convoca o Gerson'. E eu disse: "Eu não, depois vocês vão me pegar". Mas, um que eu gostaria de convocar é o Gerson - brincou.

Antes do início da convocação, o Rubro-Negro fez um pedido formal para que seus jogadores não fossem convocados. Contudo, Tite negou que recebeu a solicitação.

- Te dou minha palavra que não chegou a mim absolutamente nada do Flamengo. ((Rogério) Caboclo não me passou água, não me disse nada - disse.

'Momento mágico'

Além disto, o comandante reverenciou o Rubro-Negro pelo desempenho na temporada. Aos seus olhos, a maneira como Jorge Jesus tem levado a equipe a sonhos maiores chama atenção.

- Grande campanha e grande futebol. Tenho a oportunidade de parabenizar o Jorge Jesus pelo trabalho que vem desenvolvendo. É muito difícil viver em outra país, que tem outra naturalidade de desempenho e desenvolvimento - afirmou.

Em seguida, Tite falou que há motivos de sobra para os rubro-negros seguirem otimistas.

- É um momento mágico. A gente anda na rua e no estádio. O Maracanã ferve nessa atmosfera toda. Os atletas de alto nível também. Aí o clube acaba se fortalecendo também.

Comparações entre Seleção e Flamengo

O técnico falou sobre o paralelo entre a Seleção e o Flamengo.

- É muito profunda a pergunta, a gente entra em detalhes táticos muito abrangentes. Colocou, sim, o aspecto equilibrado que o Flamengo tem em termos criativos, sólidos. Ela está em um processo de evolução e com conquistas importantes. Trago o modelo da Seleção e comparar fica um pouco injusto. Aí, quebra o tornozelo do cara. Pega o melhor do momento do Flamengo e compara com o pior momento da seleção, que não vence há quatro jogos.

O Brasil mede forças com Argentina e Coreia do Sul, nos dias 15 e 19 de novembro, respectivamente.