Venezuela x Brasil - Tite

Tite destacou na coletiva: 'Há oscilações, e elas são do jogo' (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

LANCE!
08/10/2021
00:22
Caracas (VEN)

O técnico Tite reconheceu que a Seleção Brasileira suou além da conta na vitória por 3 a 1 sobre a Venezuela, no Estádio Olímpico da UCV, em jogo válido pela décima-primeira rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (7), o comandante canarinho apontou as dificuldades para a equipe criar na etapa inicial, mas destacou que as alterações fizeram o Brasil progredir bastante.

>>>>>> Veja a tabela das Eliminatórias da Copa do Mundo!

- Correto que não tivemos o processo de criação e conclusão, com exceção de 10, 15 minutos, que teve bola no poste (de Éverton Ribeiro, aos 21 minutos do primeiro tempo). A Venezuela teve gol, terminou melhor primeiro tempo. Tivemos segundo tempo de alto nível, com entradas de peças que nos deram desempenho para ter a vitória - declarou.

O treinador falou sobre como foi o desafio da equipe mudar o panorama.

- No intervalo, eu coloquei para eles. Quando uma equipe não está bem, é sempre o conjunto. Eu falei: "Vocês precisam melhorar o desempenho individual de vocês". A estrutura e equilíbrio, são minhas. Mas vamos elevar o nível técnico e a gente vai ter essas peças importantes que entraram. E nessa parcela de contribuição, vamos colocando jovens - e exaltou:

- Arana jogou muito e estreou hoje. Quem nunca colocou uma camisa pesada... não é jogar no Corinthians, no Atlético, me desculpe, mas vem com uma expectativa muito grande. São duas grandes equipes, claro que sim, mas a expectativa. E aí o Arana foi para o jogo, natural. E esses jovens, vamos dando condições de colocá-los para jogar e ver suas próprias reações nos jogos - completou.

Além disto, valorizou os desempenhos de "novatos" como Antony e Raphinha.

- Tivemos alguns jogadores que tiveram dois trabalhos táticos. Raphinha, Antony, Artur (Cabral). E esses momentos servem pra botar na arena! Bota na arena para jogar! Eu estava falando com o Juninho antes, é isso que estamos fazendo. Nossa campanha tem alguns desses momentos. E há oscilações, e elas são do jogo. Tem que ser cascudo - declarou.

O Brasil volta a campo no domingo (10), diante da Colômbia, em Barranquilla.