Brasil x Peru

Brasil teve grande atuação nesta quinta-feira (NELSON ALMEIDA / AFP)

Vinícius Faustini
09/09/2021
23:32
São Lourenço da Mata (PE)

A Seleção Brasileira comprovou que pode mostrar criatividade em campo. Com gols de Everton Ribeiro e Neymar, a equipe derrotou o Peru por 2 a 0 nesta quinta-feira (9), em jogo válido pela décima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo. e chegou a 24 pontos em oito jogos. Já a "Blanquirroja" está com oito pontos em nove jogos. 

A equipe de Tite volta a campo em outubro, quando encara a Venezuela no dia 7.

+ Veja a classificação das Eliminatórias da Copa do Mundo

COM SEDE DE GOLS

A mudança de formação tornou a Seleção Brasileira mais incisiva incisiva desde o primeiro minuto. Neymar alçou e Alex Sandro surgiu livre na área para desviar de Gallese. Após o chute de Gabigol ser travado pela zaga, Gerson chegou a mandar para a rede, mas o árbitro anulou a jogada por falta do lateral brasileiro no goleiro adversário. Em seguida, Gerson aproveitou novo clarão do lado direito da "Blanquirroja", avançou até a área e encheu o pé, mas a bola explodiu no camisa 1.

NEYMAR COM FÔLEGO E EVERTON RIBEIRO COM TUDO

Escalado mais à frente, Neymar era bastante participativo e tentava jogadas também com Lucas Paquetá e Everton Ribeiro. Até, aos 13 minutos, o Brasil encontrar a brecha para abrir o placar. O camisa 10 desarmou Santamaría, atravessou como quis pela esquerda e cruzou. A bola passou por Gabigol mas achou Everton Ribeiro, que fulminou para a rede.

Mesmo em vantagem, a equipe de Tite continuou em frente e tentou investidas com Gabigol e Paquetá. Após cobrança de escanteio, Éder Militão caiu na área e queixou-se de pênalti em puxão de camisa, só que o árbitro mandou o jogo prosseguir. Já o Peru depositava suas fichas em Carrillo, que fazia Alex Sandro se desdobrar, e via seus jogadores fazerem rodízio de faltas em Neymar.

Mais segura em campo, a Seleção Brasileira ampliou. Em jogada iniciada por Everton Ribeiro, Gabigol recebeu de Danilo e cruzou, mas a zaga cortou. Everton Ribeiro veio de trás e sua conclusão desviou em Santamaría, só que a bola sobrou limpa para Neymar estufar a rede e celebrar. Foi o 12º gol do camisa 10, recordista nas Eliminatórias da Copa do Mundo.

SELEÇÃO OSCILA, E PERU TEM OPORTUNIDADES

Logo na volta do intervalo, Gerson esticou a Gabigol, que mandou para fora. Porém, por mais que o atacante buscasse tabelas com Paquetá e Neymar, o Brasil se atrapalhava ofensivamente. Gabigol esbarrava em ansiedades, enquanto Everton Ribeiro tentou descida pela direita, mas Danilo chegou atrasado. 

A queda de ritmo deu margem para a equipe de Ricardo Gareca se lançar à frente e assustarem em finalizações de fora da área. Flores encheu o pé, mas a bola passou rente à trave. Em seguida, Carrillo e Lapadula deram trabalho à marcação brasileira em tentativas. Já Marco López concluiu em chute venenoso, obrigando Weverton a saltar para garantir a defesa.  

TITE FAZ TESTES

O técnico Tite passou a fazer testes na Seleção Brasileira. Inicialmente, colocou Matheus Cunha no lugar de Everton Ribeiro, colocando um trio de ataque. Após Neymar descer pela direita, o campeão olímpico finalizou de carrinho, só que Gallese defendeu. Neymar ainda tentou uma bicicleta e não teve sucesso.

Lucas Paquetá lançou e Hulk aproveitou cochilo do goleiro da seleção peruana para fazer um giro de corpo. Entretanto, o atacante, que voltava a atuar à Seleção Brasileira após mais de cinco anos de ausência, mandou por cima do travessão com o gol vazio.  

AH, NEYMAR...

O ótimo desempenho de Neymar na Arena Pernambuco só teve um "porém". Na reta final, o atacante cometeu uma falta desnecessária no zagueiro Callens e recebeu um cartão amarelo. Mesmo assim, nada que tirasse a Seleção do rumo e garantisse a vitória por 2 a 0 sobre o Peru. 

FICHA TÉCNICA
BRASIL 2 x 0 PERU

Data-Hora: 09-09-21 - 21h30
Estádio: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Árbitro: Wilmar Roldan (COL)
Assistentes: Alexander Guzman (COL) e Wilmar Navarro (COL).
VAR: Esteban Ostojich (URU)

Cartões amarelos: Casemiro, Lucas Paquetá, Gabigol, Neymar (BRA), Santamaría, Tapia, Yotún, Christofer Gonzáles (PER)

Gols: Everton Ribeiro, 13/1T (1-0), Neymar, 39/1T (2-0)

BRASIL: Weverton; Danilo (Daniel Alves, 17/2T), Éder Militão, Lucas Veríssimo e Alex Sandro; Casemiro (Bruno Guimarães, 31/2T), Gerson (Edenilson, 39/2T), Everton Ribeiro (Matheus Cunha, 17/2T) e Lucas Paquetá; Neymar e Gabigol (Hulk, 39/2T). Técnico: Tite

PERU: Gallese; Advíncula, Santamaría (Ramos, intervalo), Callens e Marcos López; Tapia (Cartagena, 14/2T), Yotún (Gabriel Costa, 14/2T), Christofer Gonzáles, Carrillo e Cueva (Flores, intervalo); Lapadula (Ruidíaz, 27/2T). Técnico: Ricardo Gareca