Apresentação AMISTOSO Brasil x Arábia Saudita

   

LANCE!
12/10/2018
06:30
Riade (ASA)

Após vencer os dois primeiros amistosos depois da participação na Copa do Mundo da Rússia, a Seleção Brasileira retorna aos gramados nesta sexta-feira, às 13h (horário de Brasília), para enfrentar a Arábia Saudita, no King Fahd International Stadium, em Riade. O duelo terá transmissão em tempo real pelo site do LANCE!.

As duas equipes voltam a se enfrentar desde 2002, quando outro amistoso foi realizado e o Brasil saiu de campo com uma vitória por 1 a 0. Em toda a história, a seleção canarinho enfrentou os sauditas em quatro oportunidades, e saiu vencedor em todas: 4 a 1 pela Copa do Bicentário de 1988, 3 a 0 na Copa das Confederações de 1997 e 8 a 2 na Copa das Confederações de 1999.

Brasil x El Salvador
Seleção Brasileira venceu Estados Unidos e El Salvador nos últimos amistosos que fez (Foto: Pedro Martins / MoWA Press)

Brasil: é hora de testar
Como assumiu a equipe no meio do último ciclo, Tite entrou 'no meio do fogo' e, com pouco tempo para testar jogadores em duelos amistosos, convocou, em maior parte, atletas de sua confiança. Dessa vez, a história é diferente e, assumindo a trajetoria rumo ao Mundial de 2022, o treinador usará essas partidas para testar e dar oportunidades a novos nomes.

Para esse duelo, Ederson, que é presença constante nas listas mas não participou muitos dos jogos, começará no onze inicial. Titular do Manchester City, o goleiro, marcado pela sua qualidade com a bola no pé, disputa vaga com Alisson, que se transferiu para o Liverpool na última janela e é titular na equipe de Jürgen Klopp.

Pablo, zagueiro campeão brasileiro com o Corinthians em 2017, foi importante na metade da última temporada com o Bordeaux, mas ainda não teve muitas atuações convincentes na atual. Mesmo assim, será o titular e acentua ainda mais a briga pela vaga de quarto zagueiro - partindo do princípio que Miranda, Thiago Silva e Marquinhos, nomes comuns nas convocações, são os favoritos para estarem na Copa América.

Alex Sandro e Gabriel Jesus são as outras duas novidades na equipe titular. O primeiro, que vem despontando nas últimas temporadas com a Juventus, é o nome do futuro para a lateral-esquerda, enquanto que o atacante, deixado de fora na primeira convocação pós-Copa, retorna com a esperança de reencontrar o caminho dos gols.

Em entrevista coletiva, Tite destacou o período de testes na seleção, indicando que o tempo curto que ele fica com os atletas dificulta na montagem de um padrão de jogo dentro das quatro linhas. Além disso, o treinador também falou sobre os testes com os novos nomes que vem aparecendo desde o fim da Copa do Mundo.

- É muito difícil ter sentido de organização em pouco tempo. O técnico tenta manter uma estrutura base, e dar oportunidade aos atletas, não experimentar. Atletas de alto nível a gente oportuniza. Mantém uma estrutura e oportuniza para que possam desenvolver melhor. Conjunto pode dar suporte pra Pablo, Ederson, Fabinho produzirem bem. Temos que olhar o individual e o todo. É meu grande problema como técnico da Seleção, essa inquietude de não poder trabalhar muito tempo - disse.

Arábia Saudita busca absorver experiência
Após a eliminação na fase de grupos da Copa do Mundo, a Arábia Saudita, com a continuidade do treinador Juan Antonio Pizzi no cargo, busca aproveitar esses amistosos e a partida entre Brasil e Argentina, que será disputada no país, para melhorar seu futebol.

O técnico hispano-argentino destacou a presença de Turki Al-Sheikh, primeiro ministro de esportes na Arábia Saudita, em procurar amistosos de bom nível para a seleção e fortalecer o futebol local.

- Ter um Brasil x Argentina neste torneio de 'Super Clássico' nos traz coisas boas nesses amistosos. Jogar contra a Seleção Brasileira nos traz muitos benefícios para a nossa preparação para a Copa Asiática. O suporte que Turki Al-Sheikh está dando para a seleção e a liga nacional criou um ambiente mais competitivo - afirmou.

Prováveis times
Arábia Saudita:
Al-Owais; Al-Burayk, Omar Hawsawi, Al-Breik, Al-Shahrani; Kanno; Al-Dawsari, Al-Faraj, Al-Mogahwi, Al-Shehri; Assiri

Brasil: Ederson; Fabinho, Marquinhos, Pablo, Alex Sandro; Fred, Casemiro, Renato Augusto; Philippe Coutinho, Gabriel Jesus, Neymar