Nenê levou uma entrada muito dura no final do primeiro tempo do jogo-treino desta terça

Nenê está afastado dos treinos com o São Paulo - FOTO: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Fellipe Lucena
10/07/2019
15:06
São Paulo (SP)

O São Paulo pretende rescindir amigavelmente o contrato de Nenê, que vence em dezembro deste ano, o que geraria uma economia de R$ 3 milhões e deixaria o meia de 37 anos livre para acertar com um novo clube. O acordo para a saída do jogador do Tricolor Paulista está por detalhes.

​Assim que quebrar seu vínculo atual, Nenê estará livre para negociar com outro clube sem a participação do São Paulo. O Fluminense, que já tentou contratá-lo outras vezes ao longo deste ano, é quem esta mais perto de um acordo, tendo inclusive já acertado as bases salariais e o tempo de contrato, dezembro de 2020.

​O Flu não fechou com Nenê antes porque não tinha como arcar com o valor integral de seus salários e o São Paulo não se dispôs a arcar com parte do valor. Agora livre no mercado, a tendência é de que o armador aceite reduzir a quantia, adequando-se à realidade do novo clube.

Nenê não se reapresentou com o elenco são-paulino após a Copa América. Como estava fora dos planos de Cuca, ele foi liberado das atividades para procurar um novo clube. Mesmo assim, pediu para usar as instalações do CT da Barra Funda e continuou treinando. Jucilei e Bruno Peres, outros que foram liberados pela diretoria, ainda não definiram seus destinos.