Marcos Paulo Fluminense

Marcos Paulo vem sendo um dos grandes destaques da intertemporada do Tricolor (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Joel Silva
10/07/2019
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

Com a chegada do goleiro Muriel, o Fluminense reforçou a posição na qual não tinha um titular absoluto. Agora, o torcedor e o técnico Fernando Diniz já sabem o time-base do Tricolor. Sem muito dinheiro para investimentos, a diretoria ainda tenta a contratação de um zagueiro e de um lateral-esquerdo. No entanto, esses reforços que podem chegar vão ser para compor o elenco. Ainda existe a negociação em torno de Nenê, porém, a contratação do meia está condicionada a uma possível saída de Luciano. 

O cenário financeiro fez com que a comissão técnica não criasse expectativas. Com isso, o foco na parada para a Copa América ficou em recuperar os jogadores, não só sob o aspecto físico, como nos casos de Digão, Bruno Silva, Pedro, Gilberto e Yony González, mas também no aspecto psicológico, levantando o moral de atletas que estavam com pouco espaço.

Entre eles, quem mais aproveitou o período de treinamentos foi Guilherme, que conseguiu se destacar nos jogos-treino. No primeiro, vencido por 2 a 1, diante da Portuguesa da Ilha, o meia fez um gol e deu uma assistência. No segundo, vitória por 3 a 1 sobre o Grêmio Osasco, Guilherme deu mais um passe decisivo.

No último teste, disputado no sábado, mais uma vitória por 3 a 1, novamente contra a Portuguesa da Ilha, o jogador não foi determinante no placar, porém, teve uma boa atuação. Guilherme foi observado no time titular na vaga de Yony González, que, em fase de transição por conta de uma lesão muscular, ficou fora das atividades.

Devido à indefinição sobre o futuro de Luciano, Marcos Paulo também cresceu bastante no conceito do técnico Fernando Diniz. Caso a saída do atacante se concretize, a cria de Xerém tem tudo para herdar a vaga de titular e formar o ataque com João Pedro. Vale lembrar que diante da Chapecoense, no último jogo antes da pausa para a Copa América, o jogador começou entre os titulares, após Luciano se recusar a jogar, evitando assim o sétimo jogo.

Grata surpresa

Sem grandes aspirações para ser titular, o jovem Miguel foi a grande surpresa, marcando quatro gols nos últimos dois jogos-treino, se colocando como uma das primeiras opções do treinador para entrar no decorrer dos jogos. O que pode atrapalhar uma possível sequência do meia de 16 anos é a convocação para a Seleção Brasileira Sub-17, que vai disputar dois amistosos contra o Paraguai, ainda neste mês

Reserva inesperada

Para a partida de segunda-feira, contra o Ceará, no Maracanã, o atacante Pedro deve ficar como opção no banco de reservas. Esperava-se que o jogador se destacasse no Torneio de Toulon, retornando da Seleção Brasileira com status de titular do Fluminense. Entretanto, após não brilhar na competição, Pedro ainda voltou com uma lesão muscular, que o tirou de muitos treinamentos.

Provável escalação

Além de Pedro, Gilberto e Yony González também perderam muitas atividades, retornando aos treinos com bola junto ao restante do elenco, apenas na terça-feira. Por isso, a tendência é de que fiquem como opção. Na lateral direita, Igor Julião foi o titular, enquanto, no ataque, Guilherme tem mais chances. O volante Allan está fora do próximo jogo, já que foi expulso na rodada passada e terá que cumprir suspensão. Yuri deve ser o substituto.

Com isso, é provável que o Fluminense vá a campo com Muriel, Igor Julião, Digão, Nino e Caio Henrique; Yuri, Daniel e Paulo Henrique Ganso; Marcos Paulo, Guilherme e João Pedro.