Coletiva Vagner Mancini - São Paulo

Vagner Mancini dirigirá o São Paulo neste domingo - FOTO: Maurício Rummens/Fotoarena

LANCE!
16/02/2019
08:00
São Paulo (SP)

O São Paulo nunca venceu o Corinthians em Itaquera. Vagner Mancini, que fará sua estreia como técnico interino do Tricolor no Majestoso deste domingo, às 19h, pelo Paulistão, já. 

Mancini foi o protagonista do triunfo do Vitória sobre o Corinthians, por 1 a 0, pelo Brasileirão de 2017. Após a partida, ele se irritou quando um repórter disse que sua equipe havia finalizado apenas uma vez em 90 minutos.

- Você estava no estádio? Você assistiu ao jogo? Uma finalização? Você vai me desculpar, sinceramente... Ou você é corintiano... Eu vou enumerar aqui as chances de gol do Vitória só para ver como está equivocado. O Vitória fez 1 a 0 aos 12 minutos com o Tréllez. Na segunda etapa teve uma chance com o Neilton, que o Cássio defendeu. Teve uma outra chance com o Carlos Eduardo, teve uma outra chance com o Patrick... Só ai foram quatro oportunidades. E um gol anulado de forma equivocada. Quero devolver a pergunta a você e te perguntar qual foi a chance clara do Corinthians? [...] Você está sendo parcial. Como jornalista, você deveria ser imparcial. Eu vou terminar a entrevista agora porque você tem que rever os seus conceitos. Vocês não podem, de maneira alguma, falar que o Corinthians hoje fez uma má partida. Fez um grande jogo e perdeu para uma equipe que jogou, estudou, foi estratégica. Vocês precisam dar um pouquinho mais de valor para quem é de fora de São Paulo - disse ele, naquela ocasião.

A polêmica aumentou dias depois, após o vazamento de um áudio em que o técnico se diverte com a situação:

- Ganhar do Corinthians é ótimo, somar três pontos também, mas dar uma patada em um jornalista babaca corintiano nem se fala...

A polêmica acabou quando Mancini telefonou para o repórter e para Roberto de Andrade, então presidente do Corinthians, para se desculpar. 

De acordo com levantamento do jornalista Rodrigo Vessoni, do site Meu Timão, Vagner Mancini se tornará neste domingo o treinador que mais enfrentou o Corinthians em Itaquera. Hoje, ele e Dorival Júnior estão empatados com seis partidas cada um.

Além do triunfo de 2017, ele empatou três vezes (1 a 1 com o Botafogo, em 2014; 1 a 1 com a Chapecoense, em 2017; e 0 a 0 com o Vitória, em 2018) e perdeu duas (2 a 1 com o Vitória, em 2016; 3 a 1 com o Vitória, em 2018).

O São Paulo, por sua vez, acumula seis derrotas e três empates em nove visitar à arena alvinegra.