Vagner Mancini

Vagner Mancini já iniciou seu trabalho de campo no São Paulo - FOTO: Érico Leonan/saopaulofc.net

LANCE!
15/02/2019
12:08
São Paulo (SP)

Vagner Mancini chegou ao São Paulo dizendo que não assumiria o comando técnico do São Paulo "sob hipótese alguma", mas dirigirá a equipe a partir do clássico contra o Corinthians, às 19h deste domingo, em Itaquera, pelo Paulistão. Contratado para ser coordenador, ele explicou nesta sexta-feira que só aceitou virar interino para viabilizar a chegada do "técnico ideal".

- Na verdade, não houve mudança de ideia. Eu realmente afirmei que em hipótese alguma assumiria o São Paulo, mas tivemos uma reunião e entendi que não poderia de maneira alguma dizer "não" à diretoria. Foi para viabilizar a vinda do Cuca, um técnico que todos nós consideramos o ideal nesse momento. Já conversamos, até pela amizade que temos. Eu sou coordenador, estou fechado para o mercado, que isso fique muito claro. Muitos estão me interpretando de outra forma, mas nós aqui no São Paulo, não. Estou assumindo interinamente para viabilizar a vinda do Cuca - declarou.

Explica-se: o São Paulo precisava de alguém para comandar a equipe até a liberação médica de Cuca, que passou por uma cirurgia cardíaca em dezembro e precisa repousar por mais dois meses. As opções eram restritas, já que o clube não tem um auxiliar em sua comissão técnica fixa. Sandro Forner, que chegou junto com André Jardine, foi demitido. Orlando Ribeiro, técnico do sub-20, e Marcos Vizolli, auxiliar dele e técnico do sub-23, seriam outras alternativas, mas o Tricolor preferiu a experiência de Mancini.

Cuca estipulou o dia 15 de abril como prazo para assumir o São Paulo efetivamente, mas Mancini continuará à frente se o clube estiver nas finais do Paulistão. O interino foi questionado sobre a possibilidade de conquistar o título e criar-se uma pressão por sua permanência no cargo:

- Já imaginei (esse cenário), mas gostaria muito que o Cuca chegasse o mais rápido possível. Porque, além de a gente estar falando de um ser humano que vem passando por um momento diferente na vida, o retorno dele seria interessante para todos nós. Além dele assumir o cargo que será dele, teremos o Cuca refeito daquilo que hoje o impede de assumir.

E se acontecer o contrário, com derrotas em sequência, e a pressão for para que ele não continue nem no cargo de coordenador. Mancini responde:

- Nisso eu não pensei, porque tenho certeza que o São Paulo vai melhorar, sou convicto disso. Se vamos atingir os 100% em tudo é difícil dizer, mas tenho certeza que vai melhorar.