Ricardo Oliveira, do Santos

Em duas passagens pelo Santos, Ricardo Oliveira disputou 172 jogos e marcou 97 gols (Ivan Storti/Santos FC)

Guilherme Amaro e Thiago Ferri
28/03/2019
13:09
São Paulo 

Nesta quinta-feira, em Congresso Técnico da Federação Paulista de Futebol, o presidente do Santos, José Carlos Peres, admitiu interesse em contar com o retorno do atacante Ricardo Oliveira.

Oliveira é querido pela torcida santista. Em duas passagens, o centroavante disputou 172 partidas e marcou 97 gols. Ele se transferiu ao Atlético-MG no início de 2018.

- É um dos nomes interessantes, mas estamos trabalhando. Estamos a quatro dias do fechamento de janela do exterior, quatro ou cinco dias, estamos acelerando as conversas no exterior. Vamos ver a possibilidade. Estamos correndo para ver se conseguimos ter um 9 - falou o presidente do Peixe.

Peres ressaltou que Oliveira é bem-vindo e elogiou sua conduta como profissional nos últimos anos. Além disso, afirmou o desejo de contar com um centroavante que atua no exterior.

- O objetivo é ter dois centroavantes, e hoje não tem no Brasil. Estamos tentando trazer o Ricardo Oliveira, todo treinador quer o Ricardo Oliveira, um jogador aplicado, não fuma, não bebe, dorme cedo. Talvez seja o Ricardo, dependendo da negociação, e um que vem de fora. Mas a janela fecha em cinco dias. Estamos conversando - explicou Peres.

- Ele gosta do Santos, o Santos gosta dele. Teve boas passagens pelo Santos e é sempre bem-vindo. Não dá para dizer que está contratado, tem de respeitar o time dele, porque gostamos de respeito conosco e precisamos ter com eles, também. Por enquanto é só interesse. Quem não quer jogar no Santos? Sampaoli e sete jogadores de seleção? Aliás, a imprensa precisa reconhecer, são sete jogadores em seleção. São jogadores de seleção - completou.

No elenco, o Santos tem os centroavantes Felippe Cardoso, que ainda não engrenou, Yuri Alberto e Kaio Jorge, ambos jovens. Eduardo Sasha, em algumas ocasiões, tem sido improvisado como 'falso 9'.


Atlético-MG diz que não negocia seu camisa 9

Ricardo Oliveira tem contrato com o Galo até o fim de 2020 e a diretoria atleticana diz que não negocia o jogador que teria uma multa rescisória de R$ 200 milhões, um valor irreal para o futebol nacional. 

O diretor de futebol do Atlético-MG, Marques, reforçou que o alvinegro de Minas não tem interesse em negociar Ricardo, pelos grandes desafios que  time mineiro possui na temporada 2019.