Ricardo Goulart já tem treinado com o elenco e foi inscrito na última vaga que faltava no Paulista

Ricardo Goulart segue trabalhando com elenco no Palmeiras e se aproxima de estreia (Agência Palmeiras/Divulgação)

William Correia
15/02/2019
18:54
São Paulo (SP)

Durante os dez minutos iniciais da atividade da tarde desta sexta-feira, na Academia de Futebol, período liberado para a imprensa, Ricardo Goulart e Borja apareceram trabalhando sem limitações com os colegas no gramado. O único desfalque entre os inscritos no Campeonato Paulista foi Gustavo Scarpa, que pode desfalcar o Palmeiras por até três semanas.

Os jornalistas puderam acompanhar exercícios leves com a bola. Mas a presença de Borja causa alívio ao clube, já que o colombiano sofreu pancada no joelho direito no jogo de segunda-feira, contra o Bragantino, e ficou fora do treinamento de quarta-feira por conta de inchaço no local. O atacante deve entrar em campo no domingo, contra a Ferroviária, em Araraquara.

O centroavante será extremamente necessário na partida do fim de semana, já que Deyverson, única alternativa na posição entre os que podem atuar no Campeonato Paulista, pegou uma suspensão de seis jogos do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) por ter cuspido em Richard, do Corinthians, e tem mais cinco compromissos a cumprir da pena.

Já Ricardo Goulart segue cada vez mais próximo de estrear pelo clube. O meia-atacante preencheu a última vaga entre os inscritos no Estadual e já está recuperado fisicamente da cirurgia no joelho direito pela qual passou no fim de outubro. Ainda assim, o jogador emprestado pelo Guangzhou Evergrande, da China, segue alternando trabalho com bola com dias se exercitando somente nas dependências internas da Academia de Futebol. Por isso, é improvável que seja relacionado para domingo.

Outro centroavante do elenco, Arthur Ceará segue realizando trabalhos particulares. O atacante comprado do Ceará se queixou de dores no púbis e fará um tratamento especial para que esteja 100% fisicamente quando puder ficar à disposição do técnico Luiz Felipe Scolari.

O Palmeiras tem a segunda melhor campanha do Campeonato Paulista e ocupa a liderança do Grupo B. A equipe de Felipão somou 13 pontos em seis rodadas, três à frente do Novorizontino, vice-líder da chave, e quatro a mais do que o Guarani, que aparece em terceiro no grupo, fora da zona de classificação para as quartas de final do Estadual.