Dudu destaca o carinho que recebe de todos no Palmeiras e crê que não vale a pena sair

Dudu destaca o carinho que recebe no Palmeiras e crê que não vale a pena sair (Agência Palmeiras/Divulgação)

William Correia
15/02/2019
15:45
São Paulo (SP)

Dudu renovou recentemente seu contrato com o Palmeiras, até o final de 2023, e ganhou aumento salarial para escapar da sondagem de clubes chineses. Na terça-feira, o atacante ressaltou que até Barcelona e Real Madrid penariam para tirá-lo do clube. E avisou a quem duvida que foi procurado por times da Europa: não só esteve no alvo como queriam oferecer a mesma quantia que ele já recebe no Verdão, mas insuficiente para convencê-lo a sair.

- Teve algumas coisas da Europa, sim. Mas vi que não valia a pena sair do Palmeiras só para falar que jogo na Europa. Tenho tudo aqui no Palmeiras. Tenho um bom salário, e o pessoal da Europa queria pagar o que ganho no Palmeiras. Mas por que sair para falar que jogo na Itália, em clube da Europa? - declarou o jogador, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

- Estou no Palmeiras, minha família tem um carinho muito grande pelo clube, tenho chance de fazer uma história bonita aqui no Palmeiras, deixar meu nome marcado na história do clube, e vou procurar fazer isso, deixar cada vez mais meu nome marcado na história para ter as portas abertas como Ademir, Marcos e Edmundo têm. Isso é muito bonito para a história de um jogador.


No Palmeiras desde 2015, Dudu prefere não se colocar como ídolo, mas é o mais querido pela torcida do elenco atual. Conquistou os Brasileiros de 2016 e 2018 e a Copa do Brasil de 2015 pelo clube, além de ser o artilheiro do século do time e liderar os principais quesitos históricos no Allianz Parque. Além disso, deixou para trás uma imagem de irresponsabilidade que chegou a ter ao ser suspenso em seu primeiro ano no time por empurrar um árbitro.

- Quando vim para o Palmeiras, falavam muito que eu era indisciplinado, não fazia as coisas direito, baladeiro, gostava de bebida. Hoje, todos me veem como exemplo. E temos de mudar porque jogamos em um grande clube, representamos uma grande instituição e somos exemplo para muitas crianças e torcedores. Temos que sempre melhorar a cada ano e cada dia que passa para nos tornarmos não só uma pessoa melhor, mas um jogador melhor e ter o respeito de todos - ensinou, ressaltando ter "tudo" no Palmeiras.

- Tenho um bom contrato, vivo em uma boa cidade, minha família é feliz aqui, tenho o carinho do pessoal do Palmeiras, da diretoria, do elenco, da torcida, jogo em um grande clube, que não deixa faltar nada para os jogadores em estrutura. Tudo que você pensar de primeiro mundo você tem no Palmeiras.