Daiki hashimoto

Daiki Hashimoto em apresentação nas barras paralelas (Foto: Martin Bureau/ AFP)

LANCE!
28/07/2021
10:55
Tóquio (JAP) 

Com notas altas em praticamente todos os seis aparelhos, o japonês Daiki Hashimoto faturou o ouro, nesta quarta-feira, no individual geral da ginástica masculina nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Natural da cidade de Chiba, a 40 km da capital japonesa, o ginasta somou 88.465 pontos. A prata ficou com Ruoteng Xiao, da China (88.065) e o bronze foi do russo Nikita Nagornyy (88.031). 

A final reuniu 24 atletas e mede o ginasta mais completo da competição. Hashimoto tem apenas 19 anos. Dois brasileiros participaram: Caio Souza ficou ficou em 17º, com 81.532, enquanto Diogo Soares terminou na 20ª posição, com 81.198. Arthur Nory e Chico Barretto  não se classificaram, enquanto Arthur Zanetti disputa só as argolas. 

+ Ginástica: Simone Biles desiste de final individual de ginástica artística nos Jogos Olímpicos

CONFIRA O QUADRO DE MEDALHAS ATUALIZADO AO FINAL DA REPORTAGEM 

Próximos eventos 

Agora, as finais da ginástica voltam na manhã desta quinta-feira, às 7h50, com a decisão do individual geral feminino, que tem a brasileira Rebeca Andrade como favorita após a desistência da americana Simone Biles. Outra brasileira, Flávia Saraiva não disputará essa. 

Depois de dois dias de folga, as finais recomeçam no dia 1º, com finais masculinas e femininas por aparelhos. Zanetti tentará o ouro nas argolas e Caio Souza briga por medalha no salto. No feminino, Flávia é candidata ao ouro na trave, enquanto Rebeca decide no salto e no solo. Nas finais por aparelhos, são 16 ginastas em cada um. 

Além do ouro de Hashimoto, a ginástica distribuiu outros dois ouros, ambos na competição por equipes. O Comitê Olímpico Russo ganhou tanto no masculino quanto no feminino.