Fortaleza x Chapecoense

Wellington Paulista marcou duas vezes sobre a Chapecoense (Lucas Emanuel/Fortaleza)

André Schmidt
10/10/2019
09:15

Aos 35 anos de idade, Wellington Paulista vem mostrando que ainda tem lenha para queimar no futebol brasileiro. Nesta quarta-feira, o centroavante marcou os dois gols do Fortaleza na vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense e chegou a nove nesta edição do Campeonato Brasileiro. Na história, já são 90.

Revelado no Juventus, de São Paulo, o jogador estreou na Série A em 2004, vestindo a camisa do Paraná. De lá pra cá passou por várias equipes brasileiras: Santos, Botafogo, Palmeiras, Criciúma, Internacional, Coritiba, Fluminense, Ponte Preta e Chapecoense, além de Alavés, da Espanha, e West Ham, da Inglaterra. No Brasileirão, já disputou 341 jogos.

Agora, o atacante está a apenas dois tentos de se tornar um dos 20 maiores artilheiros de todos os tempos na principal competição nacional, levando em conta todas as disputas desde a Taça Brasil de 1959. Com 92 gols, Careca, Evair e Ricardo Oliveira fecham o top 20. Veja a lista:

MAIORES ARTILHEIROS DA HISTÓRIA DO BRASILEIRO
- De 1959 à 2019

1º - Roberto Dinamite - 190 gols
2º - Romário - 154 gols
3º - Edmundo - 153 gols
4º - Fred - 146 gols
5º - Zico - 135 gols
6º - Túlio - 129 gols
7º - Serginho Chulapa - 127 gols
8º - Washington - 126 gols
9º - Luis Fabiano - 116 gols
10º - Dadá Maravilha - 113 gols
11º - Paulo Baier - 108 gols
12º - Diego Souza - 105 gols
13º - Alecsandro - 104 gols
14º - Kléber Pereira - 102 gols
15º - Pelé - 101 gols
16º - Borges - 99 gols
17º - Ramón Menezes - 98 gols
18º - Dodô - 96 gols
19º - Careca - 92 gols
Evair - 92 gols
Ricardo Oliveira - 92 gols