Internacional x Nacional - Nico López

Nico López teve dois gols anulados (Ricardo Duarte/Internacional)

André Schmidt
31/07/2019
21:38

O gol de Paolo Guerrero, já nos acréscimos da partida, fez justiça ao que o Internacional produziu no gramado do Beira-Rio nesta quarta-feira. Mesmo com a vantagem de ter vencido no Uruguai por 1 a 0, os colorados partiram pra cima do Nacional e triunfaram novamente. Dessa vez, por 2 a 0 - Rodrigo Moledo havia aberto o placar ainda no 1º tempo. E poderia ter sido mais.

Ao todo, o Inter finalizou 21 vezes contra o gol adversário no jogo desta noite. Seu recorde nesta edição da disputa continental. Isso sem contar os dois gols bem anulados de Nico López, anotados em impedimento. 

Dominante durante os 90 minutos, os gaúchos conseguiram criar de maneira organizada, sem se expôr. Das 21 conclusões, 19 foram construídas através de passes entre os jogadores. D'Alessandro, um dos principais nomes do jogo, foi quem mais deu assistências para finalização, segundo o Footstats, com cinco. Edenílson, com três, ficou em segundo.

O camisa 10, apesar de ter passado em branco no confronto, foi também o que mais arriscou, com cinco tentativas - nenhuma em gol. Foi Guerrero, porém, quem teve o melhor desempenho, acertando três de quatro no alvo e estufando as redes uma vez. 

MAIORES FINALIZADORES DO INTER CONTRA O NACIONAL
- Dados do Footstats

1º - D'Alessandro - 5 (0 certos)
2º - Guerrero - 4 (3 certos)
Nico López - 4 (3 certos)
​4º - Moledo - 2 (1 certo)
Patrick - 2 (1 certo)
Victor Cuesta - 2 (0 certos)
​7º - Sóbis - 1 (0 certos)
Nonato - 1 (0 certos)