Treino Inter

Ricardo Duarte/Internacional

LANCE!
30/07/2019
17:49
Futebol Latino

Nesta terça-feira, Andrés D’Alessandro comemora 11 anos de Internacional e foi o escolhido para conversar com a imprensa no CT Parque Gigante. Visivelmente emocionado com a data festiva, o camisa 10 relembrou a sua chegada ao Beira-Rio e a sua satisfação com a possibilidade de ter gravado seu nome na história do clube.

‘É um dia especial, diferente. Emotivo porque passa um filme na minha cabeça, do dia que cheguei, a coletiva, o aeroporto, meu cabelo comprido. Tinha mais do que agora. 11 anos de diferença, era um guri. Não é normal no futebol. São poucos que ficam tanto tempo num clube, me sinto um privilegiado. Falo com muito orgulho e com muita honra de ter vestido essa camisa pesada’, afirmou na coletiva.

Sem pensar no futuro, o argentino preferiu não falar sobre a renovação de contrato. Atualmente, o seu vínculo vai até dezembro deste ano e garante que não foi procurado pela diretoria Colorada.

‘Não posso falar 2020 porque não vou ter contrato. Tenho contrato até dezembro, até dezembro vou deixar minha vida pelo clube, tentaremos juntos com o grupo, comissão e diretivos do clube conquistar os objetivos que tenho pela frente. E veremos onde que eu estou depois da última partida. Depois do Lance de Craque. Seria minha última partida no Beira-Rio. Esse ano. Ano que vem, não sei o que vai acontecer’, declarou o camisa 10.