Anderson Silva revelou que gostaria de ter parado de lutar ainda em 2012 (Foto: Reprodução)

Anderson Silva enfrenta Uriah Hall em 31 de outubro (Foto Reprodução/Instagram/@spiderandersonsilva)

TATAME
27/08/2020
12:15
Rio de Janeiro (RJ)

Recuperado de uma lesão no joelho e já de volta aos treinos, Anderson Silva, ao que tudo indica, está caminhando para a última luta em sua carreira no MMA, que está marcada para o dia 31 de outubro, contra Uriah Hall, pelo “UFC Fight Night Halloween”. Após Dana White, presidente do Ultimate, afirmar que o combate em questão deveria marcar a despedida do “Spider”, agora foi a vez do próprio lutador, atualmente com 45 anos, confirmar a versão.

Em entrevista à ESPN americana, Anderson, que reinou por anos como campeão peso-médio no UFC, admitiu que a luta contra Uriah Hall deverá ser a última no octógono e ressaltou que está treinando em ritmo forte visando ter uma boa atuação em sua despedida do MMA.

- Talvez esta seja minha última luta. É por isso que estou treinando duro todos os dias, fazendo meu melhor. Toda minha equipe veio me ajudar. Todo mundo está em quarentena para começar a treinar. Estou muito animado, porque eu acho que é minha última atuação dentro do cage, para meus fãs. Vamos ver - disse o lutador.

Já na última quarta-feira (26), através de sua conta oficial no Instagram, Anderson Silva publicou um vídeo acompanhado de Jorge Guimarães, seu empresário, onde assina o contrato da luta contra Uriah Hall e volta a falar que o duelo poderá ser o último em sua carreira na modalidade, onde acumula um cartel de 34 vitórias e 10 derrotas.

- Eu assinei meu contrato, vamos fazer isso. Essa, provavelmente, é a minha última luta. Eu estou muito feliz por lutar com Uriah Hall. Essa é uma luta incrível. Vamos fazer isso, um grande show para o UFC e para os fãs. Obrigado, pessoal - celebrou o brasileiro.