lance biz logo

Finanças

twitter logo
twitter logo
twitter logo
twitter logo

Premiação do Brasileirão 2023: rodada final tem milhões em disputa

Cada troca de posição pode significar milhões a mais ou a menos para os cofres dos clubes

Taca-Brasileirao-aspect-ratio-512-320

Última rodada do Brasileirão será disputada nesta quarta-feira (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Lance! - 05/12/2023 - 18:00

Lance! - 05/12/2023 - 18:00

Chegou a hora da última rodada da Brasileirão 2023! Com o título praticamente garantido pelo Palmeiras e apenas uma vaga aberta no Z4, a maioria dos times não terá grandes aspirações no último jogo da temporada. Pelo menos, não esportivamente.

Na sala de reuniões de cada clube, no entanto, o resultado dos jogos desta quarta-feira (6) é importante. Há valores de premiação ainda a serem decididos e atribuídos. Cada troca de posição pode significar milhões a mais ou a menos para os cofres das instituições.

➡️ Acompanhe os negócios no esporte em nosso novo canal. Siga o Lance! Biz no WhatsApp

- Em termos esportivos, alguns clubes tendem a fazer uma fase final de campeonato de forma tranquila, sem muitas pretensões, mas há um outro aspecto que pode servir de motivação para os atletas, que é a premiação. Como ela tem uma variação considerável de acordo com a posição final, as equipes podem trabalhar em cima dessa questão, até mesmo visando um alívio para os cofres já pensando no planejamento da próxima temporada - explica Rogério Neves, CEO da Motbot, primeira plataforma brasileira de crowdfunding esportivo, ao Lance! Biz.

➡️ SIMULADOR: clique aqui e faça as contas na última rodada do Brasileirão

Premiação por posição no Brasileirão 2023

A cada ano, parte das receitas dos direitos de transmissão do Brasileirão é repartida entre os clubes participantes de acordo com a posição final na tabela. O campeão recebe a maior fatia (10%), o vice ganha um pouco menos e assim por diante. Os quatro rebaixados ficam sem nada.

Em 2022, o bolo total foi de R$ 450 milhões. De acordo com o jornalista Rodrigo Mattos, do Uol, este valor sofrerá um reajuste de 5,61% em 2023 - a média do IGPM (5,45%) e do IPCA (5,78%). Dessa forma, o bolo total será de R$ 475 milhões, e o campeão ficará com R$ 47,5 milhões.

Do 1º ao 10° colocado, cada clube recebe entre R$ 2,4 milhões e R$ 2,5 milhões a menos que o rival imediatamente acima. Da 10ª para a 11ª colocação, o valor cai consideravelmente: R$ 5,7 milhões.

➡️ Suárez impulsiona receitas e gera arrecadação milionária ao Grêmio em 2023; veja valores

Considere o caso do São Paulo como exemplo. Se terminar o Brasileirão na sua posição atual (11º), o Tricolor receberá cerca de R$ 20,4 milhões. Caso vença o Flamengo, o clube pode subir até 9º lugar - o que garantiria uma premiação de R$ 28,5 milhões.

O cenário do Santos também é curioso. O Peixe ocupa atualmente a 15ª posição e, dependendo dos resultados da última rodada, pode subir para 14º - garantindo vaga na Sul-Americana - ou descer para 17º - sendo rebaixado. A diferença entre estes dois lugares será de R$ 17,1 milhões

➡️ O tamanho do prejuízo: como rebaixamento à Série B pode impactar finanças dos clubes brasileiros?

Com exceção dos três clubes já rebaixados, nenhum time tem posição definida no Brasileirão. As premiações milionárias serão, portanto, uma motivação extra para os times buscarem a vitória e secarem os rivais na última rodada do campeonato.

Taça / Troféu do Campeonato Brasileiro / Brasileirão - pausa Data Fifa Palmeiras Botafogo

Brasileirão paga premiação milionária de acordo com a posição final de cada clube (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

Compartilhetwitter logofacebook logowhatsapp logo
share logo

Relacionados

Mais lidas no L!Biz